31.07.2020  /  13:20

Estilista nascida no Brasil é uma das responsáveis pelos looks poderosos de Beyoncé em “Black Is King”

Beyoncé usa look criado por Loza Maleombho, que nasceu no Brasil, em Black Is King || Créditos: Reprodução

Beyoncé disponibilizou nesta sexta-feira, na plataforma de vídeos Disney+ nos Estados Unidos, a íntegra de ‘Black is king’, seu novo álbum visual. E claro que os looks poderosos usados pela diva nos clipes já chamaram a atenção de todos. Como o trabalho é uma ode poderosa e comemorativa à experiência negra, o figurino tinha que seguir a ideia é uma turma poderosa foi convocada para criar as roupas. E entre nomes badalados como Riccardo Tisci da Burberry, Olivier Rousteing da Balmain e Pierpaolo Piccioli da Valentino, Beyoncé também fez questão de usar roupas e acessórios de artistas africanos como Lafalaise Dion, artista marfinense que faz acessórios com conchas. E o Brasil também está lá: a estilista Loza Maleombho, que nasceu aqui, mas logo mudou para os Estados Unidos onde se formou e atualmente mora na Costa do Marfim, lugar que criou a marca com o seu nome, que ganhou fama internacional. Essa é a segunda vez que Loza trabalha para Beyoncé. A primeira foi em “Formation” e na época a designer disse ter visto o clipe muitas vezes seguidas para acreditar no que estava acontecendo.

No Instagram, a designer comemorou: “Ouça! Eu pude sentar aqui e visualizar Beyoncé em uma de minhas peças. Eu já fiz isso, mas nunca em meus mais selvagens sonhos eu iria imaginar ela faria isso através de suas arrasadoras danças afrobeats e abraço à cultura Africana em todos seus jeitos. Entenda que a visão é tão profunda aqui! Lo @ loza_maleombho sempre representou uma imagem da realeza africana e ela encarna isso perfeitamente! Sou muito grata por ter contribuído para os figurinos desta obra-prima! Parece uma mosca na parede em uma sala onde a história está em construção. Beyoncé está vestindo uma peça personalizada de @loza_maleombho + cinto KPELE + anel Queen + acessório da BORORO. Não consigo agradecer o suficiente aos @zerinaakers por confiarem em mim neste projeto, você @kwasifordjour e @blitzambassador e toda a equipe criativa arrasaram”, agradeceu Loza no Instagram.

View this post on Instagram

Listen!! I could sit here and visualize Beyoncé in one of my pieces, I’ve done that… but never in my wildest dreams did I imagine her KILLING afrobeats dances and embrace African culture all the way through the way she did in one of my pieces!!! Understand the vision is so keen and deep here! 👹@loza_maleombho has always stood for an image of African royalty and she embodies that perfectly! I am so grateful to have contributed to the costumes of this masterpiece! It feels like being a fly on the wall in a room where history is in the making!!!🤯 Beyoncé is wearing a custom piece by @loza_maleombho + KPELE belt + QUEEN ring + BORORO face piece. I can’t thank you enough @zerinaakers for trusting me on this project, you @kwasifordjour and @blitzambassador and the entire creative team absolutely killed it!!! 🙇🏾‍♀️🙇🏾‍♀️🙇🏾‍♀️

A post shared by Loza Maléombho 🇺🇸🇨🇮 (@lozamaleombho) on

Além disso, os artistas negros também estão mais do que presentes em “Black Is King”. No clipe ‘Already’, faixa lançada hoje, ela conta com a participação de Shatta Wale, cantor e compositor de Gana, e Major Lazer. “Neste álbum visual, eu quis apresentar elementos da história negra e da tradição africana, com um toque moderno e uma mensagem universal, e o que realmente significa encontrar sua auto-identidade e construir um legado. Passei bastante tempo explorando e absorvendo as lições das gerações passadas e a rica história de diferentes costumes africanos”, afirmou Beyoncé ao divulgar o novo trabalho.

Na galeria, algumas das peças de Beyoncé em “Black Is King”.