29.09.2020  /  10:22

Estado de saúde do príncipe Philip poderá adiantar retorno de Meghan e Harry ao Reino Unido

Philip e, ao fundo, Meghan e Harry || Créditos: Reprodução

Extra! É possível que Meghan Markle e o príncipe Harry desembarquem no Reino Unido ainda nesse ano, e portanto bem antes da data em que eles planejavam pisar pelo primeira vez juntos no país desde o #Megxit, programada para meados de 2021. E o motivo por trás do possível adiantamento da viagem dos dois para lá teria a ver com a saúde do príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II. Com 99 recém-completados, o “royal” que sempre chamou atenção por não aparentar a idade que tem estaria dando os primeiros sinais bem claros de que o passar dos anos já lhe causa problemas, segundo reportagem da “Vanity Fair” americana.

Além disso, Meghan e Harry acreditam que seu filho, o pequeno Archie Harrison, merece a chance de conviver um pouco mais com o bisavô, ainda mais nesses tempos de incertezas geradas pela pandemia de Covid-19. Frise-se que Philip não está doente, mas por estar perto de completar um século de vida os mais próximos do duque de Edimburgo aos poucos vão se preparando para o pior.

A duquesa e o duque de Sussex conversam com ele com uma certa frequência pelo Zoom, assim como fazem com outros familiares mais chegados. Mas nada como um contato mais próximo e íntimo, ainda mais com alguém que certamente entrará para a história como o consorte mais amado pelos britânicos. A princípio, os Sussexes só pretendiam viajar para o Reino Unido em maio do ano que vem, lembrando que Markle deu pivô sozinha em terras britânicas em março para participar de um evento esportivo em homenagem a soldados que se feriram em serviço, uma das causas do coração de seu marido. (Por Anderson Antunes)