08.03.2018  /  18:11

Escultura gigante atrai turistas na praia com maior índice de ataques de tubarão da Austrália

Pessoas na praia Cottesloe, na Austrália, admirando a obra Damien Hirst Looking For Sharks || Créditos: Reprodução

Quer for curtir um dia de sol na Cottesloe Beach, praia que fica em Perth, no Oeste da Austrália, vai se deparar com uma intervenção artística das mais curiosas: a escultura Damien Hirst Looking for Sharks (Damien Hirst Procurando por Tubarões, na tradução), criada pela dupla de artistas Danger Dave e Christian Rager. A obra retrata o artista plástico britânico com snorkel procurando por tubarões e faz referência a The Physical Impossibility of Death in the Mind of Someone Living, escultura genial criada pelo próprio Hirst, em 1991, em que ele suspendeu um tubarão morto (no formol) em posição de tanque e chamou de arte. Parte da mostra Sculpture by the Sea ficará em exibição até o dia 19 de março na praia. Vale citar que é em Cottesloe onde ocorre um dos maiores índices de ataques de tubarão não provocados na Austrália e que o lugar está cheio de turistas querendo ver a intervenção. Ui!