30.03.2017  /  11:08

Escolha de escola para o príncipe George decepcionou mamães de NY

O príncipe George || Créditos: Getty Images
O príncipe George || Créditos: Getty Images

A notícia de que o príncipe George foi matriculado na Thomas’s London Day School de Battersea, em Londres, em vez da Wheterby School, onde o pai e o tio dele – respectivamente os príncipes William e Harry – foram alfabetizados, caiu como uma bomba no colo de várias mamães do Upper East Side, o bairro de Nova York que reúne boa parte da “realeza” da cidade.

O motivo é um só: é que a partir de setembro, a Whetherby terá uma filial nos arredores do Central Park, e aquelas que já matricularam seus filhos lá fizeram isso na esperança de que William e Kate Middleton também confiassem aos professores da instituição a educação fundamental de seu primogênito, o que garantiria a elas ainda mais prestígio.

Havia entre as mamães de Nova York até a expectativa de que em algum momento as Wheterbys de Londres e NY poderiam promover um intercâmbio entre seus estudantes, o que poderia dar a elas a chance de algum tipo de contato entre seus filhos e George. Mas com o rompimento da tradição real, essa possibilidade foi por água abaixo. (Por Anderson Antunes)