18.01.2016  /  18:35

Enquanto PSDB briga por dívida, Doria já definiu marqueteiro

Nizan Guanaes e Nelson Biondi já fizeram campanhas para tucanos|| André Ligeiro e Paulo Freitas
Nizan Guanaes e Nelson Biondi já fizeram campanhas para tucanos|| André Ligeiro e Paulo Freitas

O assunto publicidade tem constrangido os tucanos. Luiz Gonzáles, que fez a campanha de José Serra para a prefeitura em 2012, cobra na Justiça uma dívida de R$ 17 milhões do partido. O diretório estadual não se move para pagar, e o nacional também não parece inclinado a assumir a dívida. A despeito das pendengas judiciais, o pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, João Doria, afirmou que já acertou todo o time que vai trabalhar em sua campanha. Detalhe: Doria precisa vencer a prévia do partido, marcada para o dia 28 de fevereiro, para ser confirmado candidato.

O nome do marqueteiro ele preferiu não revelar, mas garante que já escolheu. O escritório do empresário, na avenida Brigadeiro Faria Lima, fica um andar abaixo da agência Africa, que tem o publicitário Nizan Guanaes como um dos sócios. Nizan fez campanhas de Fernando Henrique Cardoso. Nelson Biondi é outro que já trabalhou com os tucanos Serra e Geraldo Alckmin. Entretanto, o primeiro declarou que está longe de política (ele acabou de vender seu Grupo ABC para o Omnicom) e o segundo deixou claro que em agosto estará no Rio acompanhando as Olimpíadas e “cabulando” as campanhas municipais de São Paulo.

Em tempo: o marqueteiro contratado pode ficar tranquilo: para Doria, dinheiro não parece ser um problema.