25.04.2018  /  11:39

Enquanto Allison Mack corre risco de prisão perpétua, outro astro de “Smallville” é só alegria…

Allison Mack depois de ser solta sob fiança milionária || Créditos: Getty Images

Enquanto Allison Mack, uma das estrelas da série “Smallville”, voltou com tudo às manchetes depois de ser acusada de tráfico sexual, presa e liberada sob fiança de US$ 5 milhões (R$ 17,5 milhões), um dos colegas de elenco só tem motivos para comemorar: Tom Welling, protagonista da série hit do começo dos anos 2000, confirmou nessa terça-feira no Instagram que está noivo da produtora de televisão australiana Jessica Lee Rose, com quem namora desde 2014.

A moça, aliás, é apontada como o pivô do rompimento dele com a primeira mulher, Jamie White – os dois se divorciaram em 2015, depois de 13 anos de casamento. Longe da telinha desde o fim de “Smallville”, em 2011, Welling voltou a ter um papel de destaque no ano passado em “Lucifer”, da Fox, que estreou em 2016 e deverá ser renovada para uma quarta temporada, já que fez sucesso.

Quem não deve conseguir trabalho tão cedo é Mack, apontada pela justiça americana como uma das líderes da seita sexual Nxivm. Ela teria sido uma espécie de braço direito do fundador, Keith Raniere, e no momento negocia delação premiada com a promotoria de Nova York. As autoridades de lá acreditam que a atriz teve papel fundamental no recrutamento de várias mulheres, como India Oxenberg, neta da princesa Elizabeth da Iugoslávia.

Atualmente cumprindo prisão domiciliar na casa da mãe na Califórnia, com tornozeleira eletrônica e tudo, Mack também teria tentado recrutar Emma Watson para se juntar a ela e Raniere no culto – lembrando que as integrantes eram marcadas com as iniciais dele na pele. Ainda existe a suspeita de Kristin Kreuck, a Lana Lang de “Smallville”,  também possa estar envolvida no escândalo. Quem entende acha que pelo menos Mack e Raniere dificilmente escaparão da prisão perpétua. (Por Anderson Antunes)

Tom Welling e Jessica Lee Rose || Créditos: Getty Images