07.04.2016  /  14:06

Empresário sócio de Vik Muniz fala do atraso na obra do bar deles no Rio

Cello Macedo || Créditos: Divulgação
Cello Macedo || Créditos: Divulgação

“Nosso plano é abrir até março”, nos disse Vik Muniz em setembro do ano passado sobre o Casa Camolese – bar em sociedade com Cello Macedo, dentro do Jockey Club do Rio. É um superempreendimento, com direito a jazz club e projeto de Bel Lobo, como a gente contou aqui. Mas atrasou, e muito. “Na melhor das hipóteses, vamos inaugurar em outubro”, nos atualizou Cello. Mas aí perde o burburinho das Olimpíadas! “Pois é. Mas a licença demorou dois anos pra sair. Estamos andando com a obra agora, na fase da fundação ainda”. Ah, a burocracia…

Em compensação, outro negócio de Cello vai de vento em popa: a rede de pizzarias Vezpa. “Já acumulamos 11 unidades, e vamos abrir mais 10 ainda este ano, só no Rio e em Niterói. É o outro lado da moeda da crise: os pontos estão mais baratos. É o momento de expandir”. Pra quem não é da cidade e não conhece a Vezpa, ela vende uma pizza de alta qualidade, mas em fatia, no balcão. Caetano Veloso é um frequentador de tarde da noite…

* Em tempo: o empresário, marido de Zazá Piereck, também é dono do 00, na Gávea, e o casal toca ainda o Zaza Bistrô, em Ipanema, e o Zaza em Casa, buffet que assina a área vip de muitos shows e outros eventos cariocas. (por Michelle Licory)