21.05.2018  /  12:29

Empresa de Trump compra mansão da irmã do presidente com descontão de R$ 20 mi

A mansão de Maryanne na Flórida e o presidente com a irmã || Créditos: Getty Images/Reprodução

O primeiro grande negócio fechado pela Trump Organization desde que Donald Trump deixou a empresa para assumir a Casa Branca envolveu a compra de uma mansão que pertencia à irmã do presidente dos Estados Unidos, e com um senhor desconto de US$ 5,4 milhões (R$ 20 milhões). Tudo em família! Por US$ 18,5 milhões (R$ 68,4 milhões), Maryanne Trump Barry vendeu na semana passada a propriedade localizada em Palm Beach, na Flórida, não muito distante da famosa Mar-a-Lago, endereço mais frequentado pelo republicano depois da residência oficial de Washington.

Maryanne, uma juíza federal nomeada por Ronald Reagan, que recebeu promoções no governo de Bill Clinton, a princípio pedia US$ 23,9 milhões (R$ 88,4 milhões) para se desfazer do imóvel de 768 metros quadrados que ocupa um terreno “pé na areia” com mais de 60 metros de frente pro mar. O recém-divorciado Donald Trump Jr., primogênito de Trump e substituto dele no comando dos negócios da família, foi o responsável pela transação.

Don Jr., como é chamado nos EUA, pensa em transformar o château de estilo neoclássico em point de hospedagem de luxo para os frequentadores mais hypados de Mar-a-Lago, que também funciona como hotel e clube particular e vive uma fase de “boom” desde que seu dono venceu a eleição para a presidência do país, no fim de 2016. Sobretudo porque é um dos lugares mais seguros da América hoje em dia, tamanha é quantidade de agentes do Serviço Secreto que batem ponto lá atualmente. (Por Anderson Antunes)

A propriedade tem mais de 60 metros de frente pro mar || Créditos: Google Maps/Reprodução