09.05.2020  /  9:00

Empresa de táxi aéreo dos EUA vai medir a temperatura e o nível de oxigenação de seus passageiros ricos

As viagens rumo aos Hamptons vão mudar drasticamente || Créditos: Reprodução

O verão desse ano nos Hamptons não será cancelado, mas também vai ser bem diferente de qualquer outro. Algo que evidencia isso foi uma decisão recente anunciada por uma empresa de táxi aéreo que costuma transportar ricos rumo ao badalado hotspot no litoral do estado de Nova York, que no caso seria testar o nível de oxigênio e medir a temperatura de cada passageiro antes do embarque. O objetivo, é claro, é saber se esses viajantes privilegiados apresentam sintomas de Covid-19 – aqueles com nível de saturação de oxigênio no corpo abaixo de 95%, o que de maneira geral não é considerado saudável, serão barrados e pronto.

Responsável pela exigência sob medida para tempos de pandemia, a Blade – a empresa em questão – enviou e-mails para seus principais clientes nessa semana os informando da novidade. Trata-se de uma turma que inclui nomes como Cynthia Rowley, Christy Turlington e Liev Schreiber. Também foi avisado que máscaras cirúrgicas serão de uso obrigatório para o antes, o durante e o depois de cada voo, o que também tornou proibitivo a ingestão de drinks nos ares. Muita gente viajava de helicóptero ou jatinho para os Hamptons só pra tirar uma selfie a bordo desses brinquedinhos bebendo um martíni caprichado. (Por Anderson Antunes)