05.02.2021  /  10:07

Empresa de jatinhos que conta com Tom Brady entre seus sócios é avaliada em mais de R$ 11 bilhões

Tom Brady
Tom Brady || Créditos: Reprodução

O Super Bowl acontece só daqui a pouco mais de 48 horas, mas Tom Brady – que vai disputar a sua décima grande final do futebol americano nesse domingo – já pode ser chamado de vencedor. O motivo? É que o marido de Gisele Bündchen foi um investidor angel da companhia de fretamento de aeronaves americana Wheel’s Up, que acaba de ser avaliada em mais de US$ 2,1 bilhões (R$ 11,4 bilhões) depois de sua fusão com a concorrente Aspirational Consumer Lifestyle Corp.

A transação certamente aumentou também o valor da participação de Brady na Wheel’s Up, embora ninguém saiba dizer exatamente quanto o jogador investiu lá atrás. Aliás, Serena Williams, Russell Wilson e Alex Rodriguez também foram investidores angels da empresa.

Brady, que durante anos foi garoto-propaganda da Netjets, que é líder mundial no segmento de fretamento de jatinhos compartilhados, raramente embarca em voos comerciais. Isso também já foi alvo de críticas, já que o astro da NFL é casado com uma das ativistas pelo meio-ambiente mais famosas do mundo – pra quem não sabe, os aviões estão entre os maiores emissores de poluentes do planeta, tanto que Greta Thunberg se recusa a viajar a bordo deles. (Por Anderson Antunes)