24.12.2017  /  9:00

Empresa de David Beckham faturou alto no ano passado. Já a de Victoria Beckham…

David e Victoria Beckham || Créditos: Getty Images

A sorte no amor que sustenta o casamento de 18 anos de Victoria e David Beckham não se estende às finanças deles – ou melhor – ao menos no que diz respeito aos ganhos da ex-Spice Girl. Documentos entregues recentemente pelo casal a um órgão fiscalizador do Reino Unido, com dados referentes ao faturamentos de suas respectivas empresas, indicam que o jogador continua fazendo bonito quando o assunto é faturar alto, porém sua mulher ainda não chegou lá.

Aos números: a empresa DB Ventures, que cuida da imagem e dos contratos de Beckham com marcas como Adidas e Samsung, faturou US$ 14,9 milhões (R$ 49,5 milhões) no ano passado, com um aumento de receitas de 8,7% em relação ao resultado de 2015. Já a Victoria Beckham Limited (VBL), que cuida dos interesses da ex-cantora e estilista, foi no caminho inverso e terminou 2016 com um prejuízo de US$ 11,3 milhões (R$ 37,6 milhões) – o dobro do que perdeu no ano anterior.

Robert Dodds, o presidente da VBL, espera que parcerias recentes firmadas com a Estée Lauder e com a varejista americana Target reflitam no faturamento da empresa a partir do próximo ano. E é bom lembrar que, apesar de estar no vermelho, o negócio de Victoria é avaliado em US$ 130 milhões (R$ 432,1 milhões) e já recebeu aportes de US$ 40 milhões (R$ 133 milhões) do banqueiro David Belhassen, do Goldman Sachs, que se tornou sócio dela em novembro. (Por Anderson Antunes)