14.06.2019  /  10:00

Emmy 2019 pode repetir formato do último Oscar e não ter um apresentador fixo. Aos fatos!

A maior premiação da telinha poderá ficar sem mestre de cerimônias nesse ano || Créditos: Reprodução

Assim como aconteceu no último Oscar, a cerimônia de entregue dos prêmios Emmy marcada para 23 de setembro poderá não ter um apresentador. De acordo com a “Variety”, que ouviu alguns dos responsáveis pela premiação televisiva nessa semana, o problema é que até agora ninguém conseguiu pensar em um nome interessante para assumir a tarefa. Some-se a isso o fato de que o Oscar de 2019 foi bastante elogiado e até mais assistido do que em outros anos e a probabilidade de a próxima grande noite da TV não ter um mestre de cerimônias – algo que não acontece desde 2003 – se torna cada vez mais real.

Apesar disso, o martelo nesse sentido ainda não foi batido, e um anúncio oficial só será feito em meados de julho, quando serão divulgados os indicados nas principais categorias do Emmy desse ano. Em 2018, a apresentação do Emmy ficou por conta da dupla de comediantes Michael Che e Colin Jost, ambos membros do elenco do humorístico “Saturday Night Live”, mas a crítica especializada não gostou muito da performance dos dois e os índices de audiência mostraram mais tarde que o público tampouco se empolgou com as piadas deles.

Naquela ocasião, aliás, quem acabou roubando a cena foi o até então desconhecido diretor americano Glenn Weiss, que subiu ao palco para receber o prêmio de Melhor Direção de Programa de Variedades justamente pela edição do ano passado do Oscar, apresentada por Jimmy Kimmel, e aproveitou o momento para pedir a mão da namorada Jan Svendsen em casamento. Ela aceitou na hora, claro, e de quebra entrou para a história dos melhores momentos da telinha. (Por Anderson Antunes)

*

Quer rever o pedido de casamento feito por Weiss? Então dá um play aí embaixo [ÁUDIO EM INGLÊS]: