28.02.2018  /  9:00

Emmanuel Macron trocou relógio da Cartier por modelo “baratinho”. Saiba o motivo!

Emmanuel Macron e seu novo relógio || Créditos: Getty Images/Reprodução

O relógio que um homem usa pode dizer muito sobre ele e Emmanuel Macron, presidente da França, sabe muito bem disso. Determinado a reconquistar a popularidade que esbanjou no começo de seu governo e se livrar de uma vez por todas da fama de “riquinho”, Macreon anda exibindo no pulso nestes últimos dias um modelo bem mais modesto do que o Tank MC da Cartier que custa € 6,5 mil (R$ 25,8 mil) e que estava usando ultimamente.

O novo modelo é relógio mecânico da marca indie Merci, intitulado La Montre Merci LMM-01, que custa meros € 230 (R$ 912). O político escolheu o acessório com cuidado preocupado em ter um marcador de horas barato porém “cool”, lembrando que a Merci é queridinha dos fashionistas franceses desde 2009. A ideia também é tentar se diferenciar do antecessor, François Hollande, dono de um simplório Swatch.

Em novembro, Macron já tinha dispensado seu alfaiate de décadas por um que usa matéria-prima 100% produzida em solo francês. A propósito, a Merci não produz seus relógios na França, mas os projeta no país. A montagem fica por conta dos suíços, que entendem do assunto melhor do que ninguém. Algo que qualquer francês que se preze – rico ou pobre, de direita ou de esquerda – reconhece sem maiores protestos. (Por Anderson Antunes)