Emma Watson e Miles Teller
Emma Watson e Miles Teller || Créditos: Getty Images

Emma Watson e Miles Teller culpam agentes por terem ficado de fora de “La La Land”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Emma Watson e Miles Teller || Créditos: Getty Images
Emma Watson e Miles Teller || Créditos: Getty Images

É tenso o clima entre os atores Emma Watson e Miles Teller com os respectivos agentes deles. O problema é que eles culpam os profissionais por terem perdido os trabalhos que poderiam ter rendido as melhores performances de suas carreiras: os papéis principais em “La La Land: Cantando Estações”, que acabaram ficando com Emma Stone e Ryan Gosling.

Antes da escolha da dupla do momento em Hollywood, o diretor de “La La Land”, Damien Chazelle, considerou contratar Emma e Teller, mas os dois apresentaram empecilhos para participar do projeto – no caso da estrela da franquia “Harry Potter”, ela exigiu ensaiar para o longa em Londres, onde mora.

Já Teller achou o salário de US$ 4 milhões (R$ 12,5 milhões) oferecido por Chazelle baixo, e exigiu US$ 6 milhões (R$ 18,8 milhões). Em ambos os casos, os pedidos foram negados.

E agora, com “La La Land” superando os US$ 225 milhões (R$ 705,6 milhões) nas bilheterias internacionais e indicado a 14 Oscars – inclusive nas categorias de Melhor Ator e Melhor Atriz -, Emma e Teller acreditam que foram mal aconselhados por seus agentes. Tanto ela quanto ele, aliás, são representados pela gigante CAA, responsável pela carreira de alguns dos maiores nomes do cinema. (Por Anderson Antunes)