22.06.2016  /  18:26

Emissora de TV de sócio de Celso Russomano tem intervenção judicial

celso-cine
Marcos Tolentino e Celso Russomano ||Créditos: Paulo Freitas e Bruna Guerra

Nem tudo são flores para o pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, o apresentador de televisão Celso Russomano. Apesar de estar à frente nas pesquisas de intenção de voto divulgadas na última terça-feira, 20 de junho, com 26 %, uma decisão da juíza Patrícia Esteves da Silva, da 51ª Vara do Trabalho de São Paulo, pode dar muita dor de cabeça para o defensor dos consumidores. É que foi decretada a intervenção judicial e o afastamento dos diretores da Rede Brasil de Televisão, que pertence a Marcos Tolentino, sócio de Russomano em outros negócios. A decisão nomeia Fernando Claro Iglesias, administrador judicial, para assumir a gestão da empresa. Além disso, foi autorizada a busca e apreensão de documentos e de arquivos da empresa.

A emissora é uma rede de televisão aberta que foi ao ar em abril de 2007. Marcos Tolentino é amigo e sócio do pré-candidato nas empresas Paz e Bell Hel, investigadas na Operação Ararath da Polícia Federal.

*Em nota, a Rede Brasil de Televisão esclarece que tomou as medidas judiciais cabíveis, apresentando  garantias e efetuando pagamentos para evitar a concretização da intervenção e sustenta que a Justiça foi levada a erro pelas alegações da defesa da produtora independente Paparazzi de Comunicações, que seria a responsável de fato por arcar com o ônus da condenação.