22.07.2020  /  9:50

Em novo ‘surto virtual’, Kanye West afirma que quer se divorciar de Kim Kardashian, que fala sobre a bipolaridade do marido

Kim Kardashian e Kanye West || Créditos: Reprodução

Depois de afirmar no Twitter que Kim Kardashian estaria mexendo os pauzinhos para interná-lo a força em uma clínica psiquiátrica, Kanye West voltou ao microblog para dizer que está fazendo o possível para terminar seu casamento de seis anos com a reality star com quem teve quatro filhas. “Estou tentando me divorciar da Kim desde o encontro dela com o Meek no Waldorf para tratar de reforma prisional”, o rapper tuitou na manhã dessa quarta-feira. West provavelmente estava se referindo a um evento sobre a causa do coração de sua mulher que rolou em novembro de 2018 no hotel Waldorf Astoria, de Nova York, e também contou com a presença do astro do hip hop Meek Mill.

De acordo com a explicação que West deu em seguida, vaga como sempre foi seu estilo, Kardashian teria “cruzado a linha” quando esteve junto com seu colega de profissão. Como se não bastasse isso, o fundador da Yeezy ainda acusou a sogra, Kris Jenner, de ser a responsável pelo suposto plano de forçá-lo a buscar tratamento profissional com psiquiatras, e por isso a chamou de “Kris Jong-Un”, em referência ao ditador da Coreia do Norte Kim Jong-Un, e garantiu que estava dizendo a verdade porque “será o novo presidente dos Estados Unidos”.

“Elas já se encontraram com dois médicos pra tentar me internar involuntariamente”, West relatou, usando o código da Califórnia “51/50” usado em casos nos quais pessoas precisam ser interditadas para que não machuquem a si mesmas. “A Kris e a Kim soltaram até uma declaração [em meu nome] sem minha aprovação. Isso não é algo que uma esposa deveria fazer, é supremacia branca”, ele concluiu antes de deletar uma série de tuítes que havia feito minutos antes.

A localização dos posts indicava que West os fez quando estava na cidade de Cody, que fica no estado americano do Wyoming e é onde está localizado o estúdio particular dele. Aos 43 anos e em plena campanha pela Casa Branca, o dono do hit “Stronger” revelou no ano passado que sofre de bipolaridade e lida com a ideação suicida praticamente todos os dias. Seus “breakdowns”, no entanto, sempre fizeram parte de sua persona pública, e geralmente quando o bilionário supera um seu próximo passo no showbiz ou no mundo dos negócios costuma ser grandioso. Se dessa vez será assim de novo, só mesmo o tempo dirá. (Por Anderson Antunes)

Os tuítes do rapper, que ele já tratou de deletar || Créditos: Reprodução

Kim Kardashian se pronunciou pela primeira vez sobre o momento e os problemas enfrentados pelo marido em um emocionante apelo via Instagram: “Como muitos de vocês sabem, Kanye tem um distúrbio bipolar. Quem tem isso ou tem um ente querido em sua vida sabe o quão incrivelmente complicado e doloroso é entender. Eu nunca falei publicamente sobre como isso nos afetou em casa, porque eu sou muito protetora dos nossos filhos e do direito de Kanye à privacidade quando se trata. Mas hoje, sinto que devo comentar sua saúde por causa do estigma e equívocos sobre saúde mental. Aqueles que entendem doença mental ou mesmo comportamento compulsivo sabem que a família não tem poder, a menos que o membro seja menor de idade. As pessoas que desconhecem ou estão distantes dessa experiência podem julgar e não entender que o próprio indivíduo precisa se engajar no processo de obter ajuda, por mais que a família e os amigos tentem. Eu entendo que Kanye está sujeito a críticas, porque ele é uma figura pública e suas ações às vezes podem causar opiniões e emoções fortes. Ele é uma pessoa brilhante, mas complicada, que, além das pressões de ser artista e negro, experimentou a dolorosa perda de sua mãe e precisa lidar com a pressão e o isolamento que é o seu distúrbio. Estão próximos de Kanye, que são conhecidos por seus pais. Aqueles que seu coração e entendem suas palavras algumas vezes não se alinham com suas intenções. Viver com desordem bipolar não diminui ou invalida seus sonhos e suas ideias criativas, por maiores ou impossíveis de serem alcançados por alguns. Isso faz parte de seu gênio e, como todos testemunhamos, muitos de seus grandes sonhos se tornaram realidade. Nós, como sociedade, falamos em dar graça à questão da saúde mental como um todo, mas também devemos dar às pessoas que vivem com ela nos momentos em que mais precisam. Peço gentilmente que a mídia e o público nos dê a compaixão e empatia necessárias para que possamos superar isso. Você por aqueles que expressaram preocupação pelo bem-estar de Kanye e por sua compreensão. Obrigado com amor e gratidão, Kim Kardashian West.” ♥️