14.03.2020  /  9:00

Em meio ao caos causado pelo novo coronavírus, Boris Johnson vende casa por mais de R$ 22 mi

Boris Johnson e a townhouse que ele vendeu || Créditos: Reprodução

Aos menos um líder mundial tem uma boa notícia para celebrar nesses tempos de pandemia: Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, acaba de vender uma townhouse histórica de 278 metros quadrados que colocou à venda não faz nem seis meses, e ainda teve a sorte de conseguir fechar o negócio sem descontos. Localizada em Inslington, um bairro de classe média alta de Londres onde fica o estádio do Arsenal, o Emirates Stadium, a propriedade construída em 1841 apareceu nos classificados de lá pela primeira vez em setembro, listada por £ 3,75 milhões (R$ 22,2 milhões).

E foi por esse mesmo valor que encontrou um novo dono, o que resultou em um lucro de £ 1,45 milhão (R$ 8,6 milhões) para o político, considerando que ele desembolsou £ 2,3 milhões (R$ 13,6 milhões) em 2009 para comprá-la. Por falar em Johnson, nessa semana o polêmico premiê britânico deu uma entrevista com o objetivo de acalmar seus conterrâneos em relação ao novo coronavírus, mas acabou dizendo que a realidade é que muitos deles ainda vão morrer por causa da doença. Nem precisa dizer o pânico que gerou… (Por Anderson Antunes)