07.04.2020  /  10:12

Em meio à pandemia de Covid-19, Meghan e Harry anunciam o nome de sua fundação. Vem saber!

Meghan Markle e Harry || Créditos: Reprodução

Meghan Markle e o príncipe Harry anunciaram nessa segunda-feira que usarão o tempo livre que têm desde sua saída da monarquia mais famosa do mundo para o bem, e mais especificamente para administrar uma organização sem fins lucrativos que estão em processo de fundar e que escolheram batizar como Archewell Foundation, uma soma de palavras com o nome do filho deles, Archie Harrison, e “well” (“bem”, em inglês). O ex-casal real, que recentemente trocou o Canadá por Los Angeles, já está tratando das questões burocráticas para tirar do papel a entidade, que terá sede nos Estados Unidos.

“Assim como todos vocês, estamos focados em dar suporte aos que mais precisam nesse momento de pandemia global de Covid-19 e, por isso, achamos que seria o caso de compartilhar essa notícia com vocês”, a duquesa e o duque de Sussex disseram em um comunicado no qual anunciaram a criação da fundação, que a princípio se chamaria Sussex Royal Foundation mas precisou ser rebatizada depois que a rainha Elizabeth II, avó de Harry, proibiu os dois de usar o pariato que lhes foi concedido na ocasião de sua subida ao altar como marca registrada.

Quando era membro oficial da família real do Reino Unido, o sexto na linha de sucessão ao trono britânico era patrono de várias ONGs. Mas ele precisou abrir mão desses postos quando disse adeus à realeza, o que segundo matérias publicadas no país foi algo que o deixou “arrasado”. Ninguém sabe ainda como Meghan e Harry pretendem levantar dinheiro para a Archie Foundation investir nas causas que defenderá, e tampouco existem muitos detalhes a respeito de quais serão essas causas. Mas é certo que ao menos os prováveis galas que eles vão organizar terão ingressos disputados. (Por Anderson Antunes)