18.06.2018  /  8:45

Em entrevista à TV britânica, pai de Meghan Markle diz que chorou ao vê-la se casando com Harry

Thomas Markle no “Good Morning Britain” || Créditos: Getty Images/Reprodução

Entrevistado com exclusividade na manhã desta segunda-feira no talk show “Good Morning Britain”, o programa de televisão matutino mais assistido do Reino Unido, Thomas Markle – o pai de Meghan Markle – falou pela primeira vez sobre a confusão que criou nos dias que antecederam a troca de alianças entre a filha e o príncipe Harry, em maio. O diretor de fotografia aposentado contou que não marcou presença no grande dia da ex-atriz “por motivos de saúde”, sem dar maiores detalhes, mas afirmou que chorou ao vê-la caminhando rumo ao altar da Capela de St. George do Castelo de Windsor, palco do casamento, junto com o príncipe Charles.

“O triste é que agora sou um mero detalhe em um dos momentos mais bonitos da história”, Markle disse. “Mas tenho a honra de ter sido substituído por Charles e não poderia ter imaginado alguém melhor. Minha filha certamente vai fazer muito bem para a família real”. Ele falou ainda que teve uma conversa telefônica com Harry uma semana antes do casório, durante a qual o neto da rainha Elizabeth II lhe pediu a mão de Meghan.

“É claro que lhe dou minha permissão [para se casar com minha filha], mas sendo você um cavalheiro eu preciso que prometa que jamais irá levantar a mão pra ela”, Markle respondeu ao sexto na linha de sucessão ao trono. Em seguida, os dois conversaram sobre a situação política nos Estados Unidos e se trataram durante todo o tempo pelo primeiro nome.

Outro ponto polêmico abordado no bate papo foi o acordo que Markle fez com paparazzi americanos para posar para eles em troca de US$ 100 mil (R$ 373 mil). “Foi um erro, pensei que melhoraria minha imagem, mas, obviamente, o efeito foi justamente o contrário”, disse ele. “Me sinto mal por causa disso, peço desculpas a todos que prejudiquei”. (Por Anderson Antunes)