Junto & Misturado
Junto & Misturado

Em dia de estreia no teatro, Bruno Mazzeo fala de humor e paternidade

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Junto & Misturado
Bruno Mazzeo || Créditos: Divulgação

Bruno Mazzeo, humorista dos mais expressivos da atualidade, estreia nesta sexta-feira em São Paulo para convidados a nova montagem de “5 Vezes Comédia” – peça que foi sucesso nos anos 1990 e que está de volta com direção a quatro mãos de Hamilton Vaz Pereira – diretor-geral das três versões anteriores – e Monique Gardenberg, produtora da montagem original. A peça é dividida em 5 monólogos de 15 minutos cada, sendo cada um interpretado por um ator. Além de Bruno, compõem a nova geração do espetáculo Fabiula Nascimento, Debora Lamm, Lucio Mauro Filho e Thalita Carauta. Catalisador da nova montagem e que interpreta no palco um pai de primeira viagem, Bruno fez um bate-bola com o Glamurama. Entre os assuntos em pauta, sua carreira, humor e, claro, a gravidez de gêmeos de sua mulher, a diretora Joana Jabace. Ao papo! (Por Julia Moura)

Glamurama: O que te dá mais tesão fazer: teatro, TV ou cinema? Por que?
Bruno Mazzeo: “Tenho tesão por contar histórias. Onde quer que seja.”

Glamurama: Um papel inesquecível. 
Bruno Mazzeo: “O Bruno, da série ‘Cilada’. Como o texto também era meu, era perfeito pra eu descarregar minhas neuroses.”

Glamurama: Uma inspiração. 
Bruno Mazzeo: “Meu pai.”

Glamurama: Uma piada sem graça. 
Bruno Mazzeo: “Qualquer tipo de preconceito.”

Glamurama: Uma piada eterna. 
Bruno Mazzeo: “Nosso Congresso. Infelizmente uma piada de cada vez mais mau gosto.”

Glamurama: Como foi realizar a nova versão da Escolinha do Professor Raimundo? 
Bruno Mazzeo: “Um caldeirão de sensações. Sobretudo a oportunidade de poder homenagear a pessoa mais importante da minha vida.”

Glamurama: Qual foi o maior ensinamento que seu pai te deixou?
Bruno Mazzeo: “Juro que tentei pensar em um. Mas são tantos. Meu pai era um cara muito bacana.”

Glamurama: Humor inteligente ou humor acessível?
Bruno Mazzeo:“O humor inteligente pode ser acessível.”

Glamurama: Chorar de rir ou rir pra não chorar?
Bruno Mazzeo:“Todo riso tem seu valor. Assim como (quase) todo choro.”

Glamurama: Não consegue achar graça quando…
Bruno Mazzeo: “…nossos deputados deitam e rolam como se ninguém estivesse vendo.”

Glamurama: O segredo para o bom humor é…
Bruno Mazzeo:“…o olhar que se coloca sobre a vida.”

Glamurama: O que o papel na peça “5 x Comédia” representa para a sua carreira?
Bruno Mazzeo:“A chance de fazer teatro com pessoas que amo e admiro.”

Glamurama: Na peça, você representa um pai desesperado porque não consegue fazer seu bebê dormir. Você se identifica com ele na vida real? Como você é como pai?
Bruno Mazzeo:“Já passei pela fase que o personagem está vivendo, então me identifico muito. E, como em breve vou passar de novo, está sendo uma boa maneira de lembrar como era.”

Glamurama: O que a paternidade te trouxe?
Bruno Mazzeo: “Conheci o maior amor do mundo.”

Glamurama: Está ansioso pra ser pai de novo e de gêmeos? Como recebeu a notícia?
Bruno Mazzeo: “Estamos muito felizes. Foi uma surpresa inesperada, mas já estou pronto pra sentir de novo, agora duplamente, o tal maior amor do mundo.”

bruno-peca
Bruno Mazzeo em ensaio da peça “5 Vezes Comédia”, que estreia nesta sexta-feira em São Paulo || Créditos: Divulgação

 “5 X Comédia”
Temporada de 10 de março a 30 de abril
sexta, às 21h / sábado, às 21h30 / domingo, às 19h
Teatro Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569 (Shopping Frei Caneca), 7º Piso.
Classificação:  14 anos
Ingressos à venda aqui por valores que vão de R$ 50 a R$ 120.
+www.5xcomedia.com