27.11.2018  /  10:47

Elon Musk revela que a Tesla quase foi à bancarrota neste ano. Aos detalhes!

Elon Musk || Créditos: Getty Images

Os altos e baixos da Tesla neste ano foram tão intensos que a montadora de carros elétricos americana chegou a flertar com a falência em mais de uma ocasião, e isso de acordo com seu cofundador e CEO, Elon Musk. Em entrevista a um novo programa da “HBO”, produzido pelo canal em parceria com o pessoal do site de notícias “Axios”, o bilionário sul-africano revelou nessa segunda-feira que seu negócio mais famoso passou meses “queimando dinheiro” em 2018 e “quase morreu” em razão disso.

“A Tesla realmente sofreu o risco de quebrar por causa dos custos de produção envolvendo o Model 3”, disse ele, citando o modelo mais vendido (e problemático) da empresa que sonha em fazer frente à poderosa indústria do petróleo. Já sobre a SpaceX, outro dos negócios ambiciosos dele, Musk disse que a companhia de aviação espacial deverá levar seus primeiros passageiros à Marte em breve ao custo de “uns US$ 200 mil (R$ 780 mil)” por cabeça.

“É outra situação bem difícil, mas não tenho pretensões de ganhar dinheiro com isso”, explicou o polêmico magnata. “As chances de morrer [durante a viagem] serão enormes, a vida no espaço não é das mais fáceis… Todos [os passageiros] deverão voltar, mas não podemos garantir o retorno deles cem por cento ainda. Você acha que isso soa como algo que atrairia pessoas ricas?”.

Dono de uma fortuna estimada em US$ 22,4 bilhões (R$ 87,4 bilhões), Musk está tendo um 2018 dificílimo. Em uma outra entrevista que deu, em agosto, o ex da cantora canadense Grimes revelou que tem trabalhado mais de 120 horas por semana, sem contar na multa de US$ 20 milhões (R$ 78 milhões) que as autoridades americanas lhe aplicaram por causa de um tuíte no qual prometeu tirar a Tesla da bolsa e das confusões com a rapper Azealia Banks. (Por Anderson Antunes)