18.07.2020  /  9:00

Elon Musk, enfim, tem seu nome citado na batalha judicial que Johnny Depp trava contra tabloide

Johnny Depp, Amber Heard e Elon Musk || Créditos: Reprodução

Não demorou muito para que Elon Musk tivesse seu nome envolvido na batalha legal que Johnny Depp trava contra o “The Sun” nos tribunais da Inglaterra. O astro da bilionária franquia “Piratas do Caribe” decidiu processar o tabloide britânico por causa de uma matéria que este publicou em 2018, e na qual o acusa de ser um “agressor de mulheres”. Casada com Depp entre 2015 e 2017, Amber Heard – que em um passado recente também foi apontada como affair do cofundador da Tesla no mesmo período – teria sido uma das fontes ouvidas pela publicação, razão pela qual também é uma das acusadas na ação.

Já Musk entrou na história porque supostamente a teria visitado quando ela ainda vivia com o ator em um prédio famoso de Los Angeles, cuja síndica, em depoimento concedido por vídeo nessa sexta-feira, confirmou tê-lo recebido em mais de uma ocasião no local e deu a entender que o bilionário sul-africano pode ter informações relevantes sobre o imbróglio. Tratado pejorativamente de “Mollusk” por Depp, Musk ainda não teve a chance de se pronunciar nos autos sobre isso, o que provavelmente só fará se for intimado para tal.

A briga judicial de Depp com o “The Sun” é um dos assuntos do momento em Londres, onde corre atualmente na Corte Superior da capital inglesa. Considerado o julgamento do ano pela imprensa internacional, o caso trouxe à tona várias revelações sobre a relação dele com Heard, que nunca foi exatamente “normal”. Fotos do galã hollywoodiano desmaiado depois de consumir drogas, numa delas até coberto por sorvete derretido, fazem parte das provas apresentadas em juízo.

Além disso, Depp revelou num dos depoimentos que deu ter levado um “soco muito forte” de Heard assim que a estrela de “Aquaman” ficou sabendo de sua real situação financeira – o próprio galã hollywoodiano confirmou que perdeu os US$ 650 milhões (R$ 3,48 bilhões) que ganhou estrelando “Piratas…” e ainda deve mais US$ 100 milhões (R$ 535,6 milhões) ao fisco dos Estados Unidos em multas por impostos que seus agentes supostamente deixaram de pagar ao longo de 17 anos.

Depp também acusou Heard de lhe agredir com uma garrafa de vodca, em um golpe que o custou parte de um dedo e, claro, fotos do ferimento também estão entre as evidências do polêmico processo. Há quem diga que sua real intenção com tanta roupa suja lavada em público é consequência de sua fome de holofotes, enquanto outros acreditam que ele simplesmente quer ser tachado de vítima para usar isso nos outros casos em que é julgado pelo dinheiro que perdeu, supostamente por culpa de terceiros. Aguardem as cenas dos próximos capítulos, que certamente continuarão bizarros. (Por Anderson Antunes)