17.03.2018  /  9:00

Dos paredões de flores ao fim dos convidados do “pai”: as tendências de casamento para 2018

O que in e out nos casamentos em 2018 || Créditos: reprodução

Os casamentos não são mais os mesmos. Mas não se preocupe, eles estão mais animados, íntimos e cheios de novas referências. De olho nas tendências, Glamurama consultou os especialistas em tornar os sonhos em realidade – sempre com muito bom gosto – que entregam o que ‘in’ e ‘out’ no momento do sim. Dos paredões de flores ao banquete do grande dia, aqui a gente conta tudo!

1 – Vic Meirelles, florista e decorador

Vic Meirelles: sabe tudo de decoração || Créditos: Divulgação

Moderno e sustentável, Vic tem usado uma boa tática para atender aos pedidos das noivas, sem desperdício. Isso porque os paredões de flores e plantas estão na moda e para criá-los é preciso uma quantidade enorme destes itens. “Eu mesclo flores e folhas naturais com artificiais que dão o mesmo visual sem precisar usar tanta flor e desperdiçar material”, explica. Além disso, ele sempre doa as sobras para o Instituto Flor Gentil, em São Paulo, que recebe flores que seriam descartadas e reutiliza na montagem de arranjos que são entregues em casas de repouso. Vic ainda revela que as noivas estão adorando o tom pêssego, rosa bebê e os botões de rosas bem abertos. As mais modernas optam por folhas de costela de Adão e também de Latania. Ah, se o casório for durante o almoço, a dica é usar frutas no décor. Tá na moda!

2 – Isabela Suplicy, doceira

Os bolos e doces de Isabella Suplicy são sucesso || Créditos: Reprodução

Doceira de mão cheia e presença obrigatória nos casamentos mais chiques de São Paulo, Isabela Suplicy conta que depois da crise pela qual o Brasil passou, as pessoas deixaram de ostentar. “Atualmente os bolos estão sem exageros, pouca pasta americana e voltados mais ao natural e tradicional com recheio de chocolate e frutas”, conta. Também esquece aquelas montagens enormes. Agora, tudo é preparado de acordo com o tamanho da festa e da mesa onde vamos colocá-lo. Acabou a cafonice dos bolos gigantes.

Assessoria é tudo para um casamento perfeito || Créditos: Reprodução

3 – Elisa Tavares Bueno, da Boutique de 3

Junto com Edda Ugolini Martin e Gizella Luglio, Elisa é nome por trás desse trio que faz a assessoria dos casamentos mais bombados do Brasil. E é ela quem manda o recado: “Esqueça uma noite de arromba”. Os casamentos mais cool agora são realizados em um final de semana, seja em fazenda, hotel, resort ou espaço fora das grandes cidades para todos curtirem, no mínimo, dois dias de festa. “A quantidade de convidados diminuiu, mas as festas estão claramente mais animadas. Festas menores tem mais chancede cuidar dos detalhes e dar atenção aos presentes”, conta Elisa, que complementa dizendo que atualmente as pessoas estão casando com mais idade, logo aquela ideia de convidados “amigos do pai” já não existe mais. “Os noivos priorizam os seus amigos e familiares, só quem importa mesmo.Tem mais personalidade.”

4 – Emannuelle Junqueira, estilista

Emannuelle Junqueira aposta nos vestidos clássicos com toque de modernidade || Créditos: Divulgação

Nada de grandes decotes e braços de fora. A tendência dos vestidos é que tenham decotes mais fechados na frente e abertos nas costas. As mangas também ganharam a vez e estão maiores na altura do cotovelo e mais volumosas. Chiqueria pura. Emanuelle também ressalta que apesar da moda art decô – que ela adora – e que tem sido a preferida das noivas atuais, sempre existe um toque de modernidade. “Acabei de fazer um vestido clássico em que coloquei um bolso a pedido da noiva. Na parte de dentro uma renda para que ela sentisse o toque ao colocar a mão. O que também tenho visto e todo mundo pode apostar, sem medo, é no uso de acessórios. Pulseiras, colares e acessórios com pedras – como a esmeralda – que dão mais cor ao visual”, explica a estilista.

5 – Oghan Teixeira, sócio da Ghee Banqueteria

Oghan Teixeira serve as delícias dos melhores casamentos de SP || Créditos: Divulgação

Para 2018 veremos as ilhas gastronômicas mais presentes, que ficam durante toda a festa, desde o coquetel até o final. A comida peruana, como o ceviche e o aji de frutos do mar, estão bastante em alta, além de cortes de carnes premium, como a Wagyu. “Outra tendência bem interessante são os menus veganos e vegetarianos. Cada vez mais os noivos estão se preocupando com as restrições de menus com glúten, lactose e carnes”, explica Oghan. A banqueteira ainda destaca as comidinhas da madrugada. “Além dos hamburguinhos, sugerimos sempre o lobster roll que é um sucesso, chique e despretensioso”, conta. Para completar, os noivos ainda podem apostar na degustação de queijos e salumeria, principalmente da França e Itália.