27.06.2015  /  8:10

Dono da Virgin lança linha bilionária de cruzeiros para a geração Y

Richard Branson: provocação || Créditos: Getty Images
Richard Branson: provocação || Créditos: Getty Images

O bilionário Richard Branson lançou nesta semana seu mais novo empreendimento: a Virgin Cruises, uma linha de cruzeiros que contará com três navios com capacidade total para 4,2 mil passageiros mais tripulação, e que entrará em atividade a partir de 2020, quando as embarcações serão entregues pelo estaleiro italiano Fincantieri S.p.A.

A Virgin Cruises terá como público alvo os passageiros mais jovens – a chamada “geração Y”, com pessoas nascidas entre 1980 e 2000 e que hoje compõem quase um terço da população dos Estados Unidos. Os preços deverão ser mais atrativos, considerando que a idade média do passageiro de cruzeiro hoje nos Estados Unidos é de 49 anos, geralmente é casado e com renda anual de US$ 114 mil (R$ 352 mil).

O projeto é grande, sendo que apenas os navios encomendados custaram perto de US$ 2 bilhões (R$ 6 bilhões). A base da Virgin Cruises será Miami e, não por acaso, Branson anunciou o projeto na última terça-feira de um jeito inusitado: chegando de helicóptero no Pérez Art Museum, ao lado da American Airlines Arena, a casa do time de basquete Miami Heats. Tudo isso para atiçar o bilionário Micky Arison, o dono do time e que também controla a Carnival Cruises, uma das líderes mundiais no segmento de cruzeiros hoje e, portanto, uma competidora direta da Virgin Cruises. (Por Anderson Antunes)