13.12.2017  /  11:47

Donatella Versace proíbe que série sobre a morte de seu irmão mostre sua filha… Aos fatos

Allegra e Donatella Versace || Créditos: Getty Images

A série “Gianni Versace: American Crime Story”, que estreia em janeiro no FX, acaba de ganhar um novo capítulo. Na pré-estreia que aconteceu no Metrograph, em Nova York, nesta terça-feira, Donatella Versace contou aos mais próximos que pediu ao diretor Ryan Murphy que a filha, Allegra, não fosse envolvida ou retratada em nenhum momento da trama. De acordo com a coluna Page Six, do jornal New York Post, a estilista confidenciou a amigos que não se sentia confortável com a situação.

A nova franquia de Ryan Murphy trata do assassinato de Gianni Versace em 1997, irmão de Donatella, que será interpretado por Edgar Ramirez. Donatella por sua vez será vivida por Penelope Cruz. Allegra agora é uma das diretoras da empresa familiar e mantém uma postura low profile quando o assunto é exposição pessoal. Era como uma filha para o tio, que deixou quase metade de sua fortuna para ela, que tinha apenas 11 anos na época de sua morte. Após a tragédia, Allegra teve inúmeros problemas emocionais, como depressão e anorexia.

“Ryan chegou a gravar uma cena com Allegra”, disse uma fonte na estreia da série, mas, segundo pessoas ligadas à produção, respeitou o desejo de Donatella e cortou essa parte, afinal, a estilista não quer sua filha envolvida com a história, um dos maiores traumas de sua vida. Puxado…