Os estilistas Domenico Dolce e Stefano Gabbana || Créditos: Getty Images

Domenico Dolce se desculpa por cometário sobre bebês de proveta

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Os estilistas Domenico Dolce e Stefano Gabbana || Créditos: Getty Images
Os estilistas Domenico Dolce e Stefano Gabbana || Créditos: Getty Images

Cinco meses se passaram após o escândalo da declaração do estilista Domenico Dolce à revista italiana “Panorama”, em que ele se posicionou contra bebês de proveta, dizendo se tratar de “crianças sintéticas”. A repercussão gerada pelo comentário causou furor entre as celebridades, incluindo um pedido de boicote à marca por Elton John e críticas públicas de Madonna em seu Instagram.

Pouco depois, ele teve a chance de se redimir durante uma entrevista ao canal CNN, mas não o fez. Apenas disse que havia usado as palavras erradas para exteriorizar seus pensamentos. Foi apenas na última sexta-feira, durante uma entrevista com Sarah Mower, jornalista da “Vogue” americana,  que o tão aguardado pedido de desculpas saiu: “Tenho feito alguns exames de consciência. Falei muito com Stefano sobre isso. Percebi que minhas palavras eram impróprias, e peço desculpas. Eles são apenas crianças.”

Já Stefano Gabbana, seu sócio de longa data, que o apoiou durante todo esse tempo, disse que gostaria de adotar crianças na Itália, mas não pode pelo fato de casamentos entre pessoas do mesmo sexo e adoções monoparentais serem ilegais por lá. Disse também já ter considerado concluir uma adoção na Califórnia, mas não levou a ideia adiante pela burocracia de entrar na Itália com o filho, sem ter uma mãe com passaporte italiano.

Alguma dúvida de que a última campanha lançada pela marca, a de outono/inverno 2015, que reuniu várias gerações de uma família na passarela, foi uma tentativa de ajudar a limpar a imagem da marca?