19.07.2013  /  10:51

Dolce & Gabbana fecha lojas em Milão em protesto contra o governo

A vida para Domenico Dolce e Stefano Gabbana não está nada fácil. Depois dos estilistas da Dolce & Gabbana receberem uma multa milionária mais uma condenação a prisão por sonegação de impostos, foram duramente criticados pelo conselheiro da Câmera Municipal de Comércio de Milão. Franco D’Alfonso chamou Stefano e Domenico de sonegadores e disse que a Itália não precisa ser representada internacionalmente por pessoas assim. Depois das acusações, o duo decidiu fechar as lojas e os cafés da marca em Milão, até segunda-feira. Com direito a um cartaz na vitrine avisando: “fechado por indignação”.

Em tempo: Santo Versace, irmão de Donatella, escreveu uma nota chamando Domenico e Stefano de “campeões nacionais”. Ainda na defesa do dupla, fashionistas de Milão criaram uma petição para o prefeito da cidade, Giuliano Pisapia, pedindo para respeitar a casa de moda e ter cautela nas medidas judiciais tomadas contra a mesma.