17.02.2016  /  10:47

Do leme ao Pontal: um consumo que é a cara do Rio de Janeiro

||Créditos: Getty Images/Divulgação
||Créditos: Getty Images/Divulgação

O Rio dos anos 1970 fervia! Arpoador, Ipanema, Leblon, Veloso, Betty Faria, Vinicius de Moraes, Caetano Veloso, Chico Buarque, Gal Costa, Gilberto Gil, Tom Jobim, Vera Fisher, “O Pasquim”, surfe, bossa nova, ufa! Reduto de artistas e intelectuais, sinônimo de vanguarda cultural e política, é o clima da Cidade Maravilhosa nessa década nossa inspiração para esse consumo. Vem, bicho!

Por Ana Elisa Meyer