04.06.2021  /  9:00

Diretor de diversidade do Google é criticado por causa de texto polêmico que publicou há 14 anos. Vem saber!

Kamau Bobb
Kamau Bobb || Créditos: Reprodução

Diretor global de diversidade do Google desde 2018, quando esse tipo de cargo passou a ser obrigatório para as principais empresas do Vale do Silício, o executivo americano Kamau Bobb está sob fogo cruzado da mídia dos Estados Unidos por conta de um artigo que publicou em um blog pessoal em 2007, quando ainda era um estudante universitário, e que recentemente foi descoberto pelo pessoal do site de jornalismo independente “The Washington Free Beacon”.

No texto em que tratava dos conflitos de décadas entre os israelenses e palestinos na Faixa de Gaza, Bobb afirmou que os judeus “são pessoas com fome de guerras” e ainda disse que o governo de Israel da época – então liderado pelo ex-primeiro-ministro do país Ehud Olmert – deveria se sentir “atormentado” por conta de suas ações de defesa por lá. “Quem sobreviveu a um Holocausto deveria ter mais compaixão pelos outros”, ele escreveu.

Bobb, que é formado em Ciência e Tecnologia pela universidade George Tech de Atlanta, ainda não se desculpou publicamente pelo que postou há 14 anos, apesar de que em nota afirmou ter se retratado junto a um grupo de funcionários judeus do Google. E nas redes sociais a pergunta que todo mundo tá fazendo é: “O Google não deu um Google nele antes de contratá-lo?”. (Por Anderson Antunes)