27.07.2016  /  15:40

Diretor de cinema mais rico do mundo é brasileiro. Quem?

DV1175792
Walter Salles, um dos maiores acionistas individuais do banco Itaú Unibanco|| Créditos: Getty Images

A alta de mais de 28% na ação do Itaú Unibanco na bolsa desde janeiro, somada à valorização do real neste ano, fez com que a fortuna do diretor Walter Salles, um dos maiores acionistas individuais do banco, saltasse mais de US$ 2,3 bilhões (R$ 7,6 bilhões) ao longo do período, chegando aos atuais US$ 5,1 bilhões (R$ 16,8 bilhões). Walter é filho do falecido banqueiro Walter Moreira Salles, fundador do Unibanco, cuja fusão com o Itaú em 2008 criou a maior instituição financeira privada do Brasil. Ele também é um dos controladores da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração, a CBMM, líder mundial na produção de nióbio.

Apesar de ter herdado os bilhões que possui, Walter, que é responsável por sucessos de crítica como “Central do Brasil” e “Diários de Motocicleta”, já pode ser considerado o diretor de cinema mais rico do mundo. George Lucas, até recentemente o detentor do título, possui um patrimônio estimado em US$ 4,7 bilhões (R$ 15,4 bilhões), a maior parte graças ao sucesso da maior obra dele, a franquia “Guerra nas Estrelas”.

Vale lembrar que os irmãos de Walter – Pedro, Fernando Roberto e o documentarista João Moreira Salles – também são todos bilionários, e possuem a mesma fortuna de US$ 5,1 bilhões (R$ 16,8 bilhões). Isso coloca João no topo do ranking de documentarista mais rico do mundo. Juntos. os irmãos detêm a maior fortuna do Brasil, com patrimônio total de US$ 20,4 bilhões (R$ 67 bilhões).

Em tempo: mesmo bilionário, Walter é avesso a luxos e costuma viajar em aviões de carreira. Glamurama, aliás, flagrou o diretor em 2014 na fila para o reembolso do VAT, o imposto que é devolvido aos turistas que deixam a Europa, no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris. (Por Anderson Antunes)