Carlos Saldanha || Créditos: Reprodução

Diretor brasileiro Carlos Saldanha agita mercado do audiovisual com três produções na ponta da agulha

3 Compartilhamentos
3
0
0
0
0
0
Carlos Saldanha || Créditos: Reprodução

Após produções de grande sucesso e uma pequena pausa nas animações, Carlos Saldanha trabalha em um desenho baseado em “Saltimbancos”, clássico do teatro musical infantil, inspirada no conto “Os Músicos de Bremen”, dos irmãos Grimm. Há três décadas radicado em Nova York, o brasileiro também está à frente da segunda temporada do sucesso “Cidade invisível”, da Netflix, com Alessandra Negrini, Marco Pigossi e Áurea Camargo no elenco da primeira temporada. Segundo a plataforma, a série ficou na lista de conteúdos mais vistos em cerca de 40 países.

Já para a Star+, o carioca elabora uma nova série, nomeada como “How to be a carioca”, comédia que pretende abordar as experiências dos estrangeiros no Rio de Janeiro. O enredo será baseado no livro de mesmo nome de Priscilla Goslin, lançado em 1992, que descreve os hábitos e peculiaridades dos cidadãos cariocas do ponto de vista da autora americana.

No cinema, Carlos, aos 56 anos, vai dirigir o longa “100 dias”, que narrará a aventura de Amyr Klink, que, em 1984, aos 29 anos, cruzou o Atlântico a remo. O filme é produção da Ventre Studio com a Buena Vista.