20.04.2016  /  19:35

Dilma ignora polêmicas e mantém ideia de falar de “golpe”  na ONU

A presidente quer usar a tribuna nos EUA para falar de situação política no Brasil || Roberto Stuckert Filho/ PR
A presidente quer usar a tribuna nos EUA para falar de situação política no Brasil || Roberto Stuckert Filho/ PR

As declarações de ministros do Supremo e a ira da oposição não demoveram a presidente Dilma Rousseff da intenção de discursar em cerimônia da Organização das Nações Unidas (ONU), no dia 22, sobre o impeachment e se colocar como vítima de um “golpe”. Vai ter discurso, assegurou uma fonte do Planalto. A presidente vai participar, em Nova York, do evento de assinatura do Pacto de Paris, que prevê ações globais de redução da emissão dos gases do efeito estufa e ações de sustentabilidade. (Por Malu Delgado)