Dica Suzuki SX4: Rique Wanderley conta sua trajetória sobre as águas

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

A paixão pela vela é herança de família. Rique Wanderley começou a domar o vento aos 7 anos, ao lado do pai e do irmão Carlos Eduardo Wanderley, com quem divide o barco até hoje. O esporte da infância virou agenda profissional e motivação para a vida. Suzuki SX4 e Glamurama conversaram com Rique, que contou um pouco mais da sua trajetória e da participação da primeira etapa da Copa de Vela Suzuki Jimny, que aconteceu em Ilhabela, litoral paulista, no fim do mês passado. Vem!

Como foi que você se apaixonou pela vela? Velejar é uma paixão e herança familiar. Toda minha família sempre velejou e eu comecei aos 7 anos. Ia com meu pai e meu irmão para o Yatch Club Santo Amaro – onde todos os grandes velejadores começaram – todo fim de semana, sempre estava na água. Às vezes também ia durante a semana, saía do colégio e ia direto. Daí em diante foi treinar e aprender cada vez mais para chegar às competições profissionais.

Você começou na infância. Acha que existe uma idade ideal para começar? Acho que qualquer pessoa, independentemente da idade, pode começar a velejar por esporte. Quem quer se profissionalizar é melhor começar mais cedo, como em qualquer outro esporte.

Como se prepara para as competições? Depende do barco que eu vou competir. Faço tênis, pólo, corro, nado, vou à academia com frequência. Mas se vou competir com um barco que vai me exigir mais os braços, foco nos braços. E assim se for com abdome ou com as pernas.

Como foi a primeira etapa da Copa de Vela Suzuki Jimny? Foi boa, mas poderia ter sido melhor… Velejar é usar mais a cabeça do que o corpo. Como não dá para prever de que lado vem o vento, você tem que arriscar. E no terceiro dia – de quatro – eu tomei decisões erradas. Achei que o vento ia entrar de um lado, ele entrava de outro e não deu muito certo.

Mas isso prejudicou a pontuação para a próxima etapa? Não, estamos (Rique, o irmão, Jean Pierre Zarouch e Douglas Tiched)  perto do segundo lugar. Vai dar para a gente se recuperar. O barco está bom, tem andado bem em relação aos anteriores e o time tem vindo bem.

Velejar para você é.… Como respirar! Se eu fico um pouco fora da água já fico louco. A vela é um esporte que dá uma sensação muito boa, é um esporte silencioso, para curtir cada minuto na água, admirar a paisagem, estar em contato com a natureza. É minha vida.

*Conheça mais sobre o Suzuki SX4 em www.suzukiveiculos.com.br, curta www.facebook.com/suzukibr e siga no twitter @suzukiveiculos e no instragram @suzukibr.