25.09.2020  /  13:39

‘Diário de um Confinado’ volta para mostrar a paranoia do personagem de Bruno Mazzeo com a flexibilização da quarentena

Bruno Mazzeo como Murilo / Crédito: Globo

Nem todo mundo está calmo com a flexibilização da quarentena, e parece que Murilo, personagem de Bruno Mazzeo em ‘Diário de um Confinado’, ficou paranoico com a situação. A série, que retorna nesta sexta-feira com seis novos episódios exclusivos para o Gshow, vai mostrar as novas aventuras do personagem que vai “desconfinar” aos poucos e sempre com muito cuidado, claro:  “Ele vai ter um encontro com amigos, mas completamente dentro dos protocolos (risos). Essa é uma coisa que todo mundo está sentindo muita falta, eu sempre falo isso porque tenho sentido muita saudade de encontrar os meus amigos. Murilo vai passar também por uma coisa que passei, assim como muita gente, que é fazer o aniversário na quarentena”, adianta Bruno.

O loft de Murilo continua sendo o cenário principal: “Considero que esta segunda temporada é dividida em três fatias, e a principal ainda é a das cenas do Murilo no apartamento. Uma outra é ele interagindo com outros personagens através de aplicativo de conversa. Assim como na primeira temporada, ele fala remotamente com a analista, os amigos, a mãe. E tem uma terceira fatia, que é nova, quando o Murilo sai. Ele vai à casa de um amigo, dá uma volta de carro, vai a um restaurante ao ar livre. Agora temos essa novidade que é de alguém que está tentando lidar com o mundo que está flexibilizando, mas que ainda tem muito medo. Murilo é um paranoico nato, um angustiado. Ele vive nessa gangorra da dúvida, indo e voltando”, detalha Joana Jabace, mulher do ator, criado e diretora da série.

Mazzeo também dá uma prévia de como serão os novos episódios e conta como anda o ânimo de Murilo: “Agora a gente começa a falar um pouco do mundo que vamos encontrar aí fora. Murilo continua com seus altos e baixos de humor e vai tentar dar esse passinho na flexibilização. Mas ele está ainda mais neurótico. Quanto mais relaxamento vai tendo, menos relaxado ele fica”, explica. A nova leva de crônicas conta com várias participações especiais: Letícia Colin, Tonico Pereira, Marcelo Novaes, Renato Góes, Luis Lobianco, Eduardo Sterblitch e Serjão Loroza, que se unem ao time já formado por Fernanda Torres, Joaquim Waddington, Débora Bloch, Renata Sorrah, Matheus Nachtergaele, Marcos Caruso e Lúcio Mauro Filho.