08.09.2016  /  13:39

Desfile da Yeezus, de Kanye West, é tido como fiasco pela mídia americana

yeezus-cine
Em sentido horário: Kanye West, clique do desfile, e as irmãs Kendall Jenner, Kim Kardashian e Kylie Jenner || Créditos: Getty Images/Divulgação

O desfile Season 4 da linha Yeezy, de Kanye West, apresentado pela Adidas nessa quarta-feira em Nova York foi memorável, mas não por um bom motivo. A apresentação tem sido considerada um fiasco pela mídia americana, incluindo o “New York Times”. Glamurama cita abaixo os motivos para isto.

1. Save the date para o ponto de ônibus 
Inicialmente, os cerca de mil convidados tiveram acesso a apenas uma informação sobre o desfile: que deveriam estar em um endereço no West Chelsea às 13h30 – 1h30 antes do desfile começar -, onde uma frota de ônibus os buscaria para levá-los até o local da apresentação.

2. Início do perrengue + merchan
Chegando no destino, a Roosevelt Island, a turma passou por uma segurança máxima e aguardaram até o início do desfile debaixo de sol forte e sem acesso a água mineral. Pouco antes de dar a hora do desfile, marcado para às 16h, todos foram levados para outra área, bem em frente a um hospital de varíola construído em 1956 para isolar pacientes com a doença, até que às 16h foram direcionados para o ponto final onde aconteceria o desfile: o Four Freedoms Park. Lá, uma loja vendia camisetas da Yeezy por US$ 75 (R$ 240). Oi?

3. Falhas, mal-estar e mais do mesmo
Durante a apresentação, que contou com performance da artista Vanessa Beecroft, mais de 15 modelos se sentiram mal devido ao calor. Os looks da temporada são roupas atléticas apresentadas em escala tonal gradativa, que iam dos brancos, passando pelo bege e terminando no verde militar e preto. Nada que já não tenhamos visto Kim Kardashian usando milhares de vezes. Modelos também tiveram dificuldades para andar nos sapatos de salto alto, enquanto algumas optaram por afundá-los na grama por completo.

4. “Tortura”
Conclusão? Nomes como Anna Wintour e Carine Roitfeld, que estavam empolgados com o desfile depois de gostarem do resultado da Season 3, apresentada em fevereiro deste ano, perderam uma tarde pelo perrengue.  “Um show que poderia ter sido apresentado em qualquer outro lugar de Nova York”, como disse o site “Fashionista”.  O desfile foi transmitido ao vivo pelo site de streaming Tidal. Ainda segundo o site, no caminho de volta do desfile eram ouvidos comentários como “tortura” e “problemático” para se referir ao espetáculo.

Abaixo, cliques e vídeo do desfile.