23.07.2020  /  10:41

Depois de ‘surtar’ na internet, Kanye West é flagrado fazendo compras em supermercado

Visto pela primeira vez em público desde sua última crise de bipolaridade, Kanye West foi flagrado pelos paparazzi nessa quarta-feira comprando roupas para crianças em um Walmart de Cody, a cidade do estado americano do Wyoming onde fica o estúdio particular dele. Pai de quatro com idades entre 1 e 7 aninhos, todos frutos de seu casamento com Kim Kardashian, o rapper estava com o cabelo tingido de roxo e acompanhado de Damon Dash, um de seus melhores amigos, além de dois seguranças que o cercaram o tempo inteiro.

Sem aparentar nenhuma confusão mental, West passou pouco tempo no local e em seguida foi embora, sem falar com os fotógrafos. Dash, no entanto, respondeu uma provocação feita por um que chamou seu bff de “louco”. “Eu queria ser louco como ele”, respondeu o empresário e produtor musical.

A propósito, a possível internação involuntária do fundador da Yeezy por meio de uma medida judicial com um pedido de interdição feito por sua família o deixaria sem o controle de sua fortuna, estimada em US$ 1,3 bilhão (R$ 6,71 bilhões) graças principalmente ao sucesso da marca hypada de sneakers.

Nesse caso, quem assumiria as finanças dele seria Kim, que também se tornou bilionária recentemente com a venda de uma fatia de sua empresa de cosméticos para a gigante americana Coty. West a acusou publicamente de estar mancomunada com a mãe, Kris Jenner, para “trancá-lo” numa clínica, mas nunca explicou qual seria o real motivo das duas. Em plena campanha pela presidência dos Estados Unidos, o intérprete de “Runaway” também revelou recentemente que tenta se divorciar da reality star desde 2018. (Por Anderson Antunes)