19.06.2020  /  10:01

Depois de se recusar a fechar bar por causa da pandemia, Kid Rock perde a licença para vender bebidas no local

Kid Rock e seu bar em Nashville || Créditos: Reprodução

Dono de um bar localizado em Nashville, nos Estados Unidos, que se recusou a fechar logo no começo da pandemia, Kid Rock acordou nessa sexta-feira com a notícia de que seu estabelecimento teve a permissão para comercializar bebidas alcoólicas revogada temporariamente pela prefeitura da cidade americana.

Isso porque o Big Honky Tonk and Steakhouse, como se chama o hotspot do roqueiro, é um dos únicos entre os equivalentes de lá que não fechou as portas por causa da Covid-19, e a partir de agora deverá se adaptar à realidade da concorrência e a um plano de reabertura geral que já está em andamento.

Presença constante no Big Honky, Rock à decisão do governo de Nashville, que é a capital do Tennessee, o acusando de ser “comunista”. “Eles colocaram a gente [os donos de bares] atrás de um verdadeiro Muro de Berlim”, reclamou o ex de Pamela Anderson a um jornal local. (Por Anderson Antunes)