Lily Safra e Michael J. Fox
Lily Safra e Michael J. Fox || Créditos: Reprodução

Depois de receber mais de R$ 100 milhões de bilionária brasileira, fundação de Michael J. Fox cria prêmio para homenageá-la

23 Compartilhamentos
23
0
0
0
0
0
Lily Safra e Michael J. Fox
Lily Safra e Michael J. Fox || Créditos: Reprodução

Apoiada há anos por Lily Safra, a Michael J. Fox Foundation for Parkinson’s Research, que é dedicada à pesquisa pela cura do mal de Parkinson e foi fundada por Michael J. Fox em 2000, acaba de criar um prêmio para homenagear a bilionária e filantropa brasileira. Batizado Edmond J. Safra Humanitarian Award, a honraria leva o nome do último marido dela – o banqueiro Edmond Safra, morto em 1999 – e será entregue anualmente a partir de agora para todos aqueles que investem pesado em pesquisa científica. Lily, dona de uma fortuna estimada em US$ 1,3 bilhão (R$ 6,95 bilhões), será a primeira agraciada.

No caso dela, só para a fundação do eterno astro de “De Volta Para O Futuro” saíram de seu bolso mais de US$ 20 milhões (R$ 106,9 milhões) nos últimos dez anos, o que a tornam, de longe, a maior doadora da entidade filantrópica. “A Lily entende nossa missão e realmente acredita em nosso trabalho, e sua generosidade não tem limites”, Fox disse em um comunicado.

Amigos de longa data, Lily e Fox se aproximaram logo depois da morte de Edmond, em um incêndio criminoso que teve como palco uma cobertura em Mônaco. Alguns anos antes, o lendário gênio das finanças havia sido diagnosticado com Parkinson, razão pela qual procurou o ator, que também sofre com a doença desde 1991 e acabou se tornando um de seus maiores expoentes. “Você, Michael, está me homenageando agora, mas na verdade sou eu que preciso agradecê-lo pela revolução que sua luta causou na pesquisa sobre o Parkinson”, ela disse, também por meio de nota, ao receber o prêmio. (Por Anderson Antunes)