18.06.2018  /  12:34

Depois de protestar contra Trump, De Niro se torna alvo de manifestante a favor do presidente

 

Manifestante pró-Trump durante o musical de De Niro || Créditos: Getty Images/Reprodução

Depois de protestar contra Donald Trump na entrega dos prêmios Tony, na semana passada, Robert De Niro se tornou ele próprio alvo de um manifestante a favor do presidente dos Estados Unidos. Isso porque um homem ainda não identificado ergueu uma bandeira com os dizeres “Keep America Great!” (“Mantenha a América Grande!”) e “Trump 2020” nos minutos finais da apresentação do último sábado de “A Bronx Tale”, musical que está em cartaz na Broadway desde fevereiro de 2016 e é baseado no filme “Desafio no Bronx”, estrelado pelo ator e por Chazz Palminteri em 1993.

De Niro é um dos produtores e diretores da montagem teatral junto com o veterano Jerry Zaks, vencedor de quatro Tonys. Ainda não se sabe se ele estava nos bastidores do Longacre Theatre, a casa de “A Bronx Tale” em Nova York, no momento do incidente, mas aparentemente os outros presentes não deram muita bola para o protesto pró-Trump, já que não conseguiam desgrudar os olhos do que acontecia no palco.

Até agora, só um assistente da produção – o cabeleireiro Brian Strumwasser – comentou o ocorrido. “Quem quer que tenha sido o idiota que acha que pode manifestar suas opiniões políticas em uma peça da Broadway, desrespeitando todos que pagaram ingressos para assistir algo que é totalmente sobre inclusão, foi devidamente retirado do teatro na noite de sábado”, Strumasser postou no Instagram. (Por Anderson Antunes)