03.05.2019  /  10:22

Depois de período sabático, Reynaldo Gianecchini pondera: “A vida começa após os 40”

Reynaldo Gianecchini está de volta || Créditos: Juliana Rezende

Depois de passar uma temporada sabática morando em Lisboa e viajando pelo mundo, Reynaldo Gianecchini está de volta ao Brasil e às telinhas. O ator faz parte do time de peso da próxima novela das 21h, “A Dona do Pedaço”, de Walcyr Carrasco, na pele de um playboy ‘bon vivant’, que se apaixona por Maria da Paz, personagem de Juliana Paz.

“A gente não teve muito tempo de preparação. Mas vi alguns filmes de referência, de ator meio ‘charmosão’, desses que têm o domínio da situação. E um ator que me inspira muito é o Ryan Gosling”, disse ele, na festa de lançamento da trama, no Copacabana Palace, no Rio.  Além da inspiração, Reynaldo também mudou seu visual e aderiu a cabelos mais claros. “Como faço um playboy pensei nesse cabelo que  lembra um cara que toma muito sol na piscina, que joga tênis, uma coisa mais solar”.

Aos 46 anos, Reynaldo disse que passou a cuidar melhor de sua alimentação, além de praticar mais esportes neste hiato de dois anos que esteve afastado da TV. “Esse período sabático foi maravilhoso, são anos que a gente acha que não está produzindo muito porque não estamos trabalhando, mas são os anos que a gente mais trabalha nossas coisas internas. Estou me reciclando, revendo coisas”.

O ator disse ainda que se sente muito melhor agora do que quando estreou na TV, há quase vinte anos, na novela “Laços de Família”: “Eu era um garotão naquela época, muito mais ingênuo e preocupado em acertar. Quando você é jovem, é  normal querer fazer tudo ao mesmo tempo, se provar para os outros, querer seduzir o mundo. Mas, depois dos 40, o foco passa a ser outro, você começa a querer viver a vida. Não é só trabalho. Eu hoje em dia quero estar em paz e cuidar dos outros departamentos, que são família, amigos e amor, apesar de não estar amando propriamente ninguém porque estou solteiro há tempo tempo. Mas fico muito bem solteiro, por isso fico tanto tempo na verdade”, revela.

“Hoje em dia estou muito mais leve. Eu era mais velho quando jovem. Confesso que me gosto muito mais hoje. Estou super de bem com todas as marcas do meu rosto, nunca fiz nenhuma intervenção. Sabe aquele ditado que a vida começa depois dos 40? Faz todo o sentido”, concluiu. (por Denise Meira do Amaral)

*

Nesse período sabático fora da TV, Reynaldo aproveitou para tomar sol, correr, andar de bike, ver a família e amigos, além de se apresentar esporadicamente sua peça “Os Guardas do Taj”, que teve uma breve temporada também em Portugal. “Fiz uma base em Lisboa, que é um lugar que me sinto em casa e tenho muitos amigos. E de lá fui para muitos lugares da Europa que eu adoro, que tenho até vontade de morar, como Madrid e Berlim, e fiz uma viagens mais longas, como Havaí e Açores”.