07.01.2020  /  9:39

Depois de “escapar” das festas de fim de ano da rainha, Meghan e Harry voltam ao batente

O príncipe Harry e Meghan Markle durante uma de suas visitas ao Canadá || Créditos: Reprodução

De férias desde meados de dezembro, Meghan Markle e o príncipe Harry voltam ao batente nessa terça-feira, quando farão uma visita à sede do Alto Comissariado do Canadá no Reino Unido, em Londres. O casal real deverá se encontrar com a representante do órgão mantido pelo governo canadense, Janice Charette, apenas para agradecer pela recepção calorosa que tiveram quando desembarcaram no Canadá em março do ano passado para participar das comemorações pelo “Commonwealth Day”, ou o “Dia da Comunidade das Nações”, uma organização intergovernamental composta por 53 países membros independentes que é chefiada pela rainha Elizabeth II, avó de Harry.

A duquesa e o duque de Sussex adoram o Canadá, e inclusive estiveram lá pela última vez recentemente, nesse caso apenas para curtir um “dolce far niente” e sem nenhum compromisso oficial na agenda. Eles se hospedaram em uma mansão de US$ 14 milhões (R$ 56,9 milhões) na Ilha de Vancouver, que fica próxima da costa do Pacífico do país da América do Norte, onde celebraram o Natal e o Ano Novo junto com o filho, Archie Harrison, e a mãe de Meghan, Doria Ragland.

Meghan e Harry “escaparam” de curtir as últimas festas de fim de ano junto com a rainha e outros membros da família real na residência oficial de Sandrigham, no sul da Inglaterra, como manda a tradição, já que não estavam a fim de seguir as regras rígidas que existem mesmo nesses encontros de família dos Windsors, conforme Glamurama contou na época. É que nessas ocasiões os parentes da monarca são obrigados a trocar de roupa até seis vezes por dia algumas vezes, sem falar que ninguém pode ir pra cama antes dela, que tem o hábito de ficar assistindo televisão até altas horas da noite. (Por Anderson Antunes)