Depois de Emicida, Mc Dricka celebra indicação ao BET Awards: “Única brasileira representando o funk”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

O Brasil ganhou uma nova representante no BET Awards, premiação voltada para artistas afro-americanos e que contempla talentos do mundo todo. Após Emicida ser indicado como um dos artistas na categoria de Melhor Artista Internacional, a funkeira Mc Dricka, conhecida como a Rainha dos Fluxos, foi indicada nesta segunda na categoria Melhor Novo Artista Internacional. “Estou muito feliz por essa indicação, a única brasileira representando o funk, e ainda mais o funk feminino. Agradeço de coração a todos que estão votando, votem bastante em mim”, pediu a artista de 23 anos através de seu perfil no Instagram. Nome emergente do funk de São Paulo, ela tem mais de 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify e canta letras fortes em “Empurra empurra”, “38 carregado” e “Vai fazer carão”. A premiação será realizada no dia 27 de junho nos Estados Unidos.

Outros brasileiros também já foram indicado ao prêmio. Em 2020, Djonga foi quem representou o país na categoria Melhor Flow Internacional. Já em 2018, foi a vez de MC Soffia na categoria de Artista Revelação Internacional.