13.02.2014  /  14:02

Depois de cena com Giovanna Antonelli ter ido ao ar, um papo com Tainá Müller

Quem é noveleiro viu a “secada” nada discreta que Tainá Müller deu em Giovanna Antonelli na primeira cena das duas juntas no capítulo dessa quarta-feira de “Em Família”. Todo mundo já sabe que elas vão se apaixonar – e Clara [papel de Giovanna] vai deixar o marido [Reynaldo Gianecchini] para ficar com Marina. O que incomoda Tainá é a expectativa das pessoas com esse casal gay depois do sucesso do triângulo amoroso vivido por Mateus Solano, Thiago Fragoso e Marcello Antony em “Viver a Vida”. Será que a história das duas vai ser tão bem aceita? Será que vão torcer por elas? Será que vai ter beijo de novo? É muita pressão para a atriz em seu primeiro personagem de destaque no horário nobre…

* “As coisas têm que ser tratadas com naturalidade. É difícil falar antes de acontecer. Tenho isso na minha vida: trabalhar duro, ver como reverbera depois. É ruim criar uma expectativa. Isso nem é bom para a interpretação”, contou Tainá, que não é propriamente uma marinheira de primeira viagem. “Já fiz lésbica no cinema, já beijei mulher na ficção”, lembrou a moça, que entende um pouco do ofício de Marina, que é fotógrafa. “Estudei fotografia na faculdade. Tenho feito alguns cliques.” Boa sorte, Tainá!

Cena de “Em Família”