11.07.2018  /  14:09

Demi Moore tem cartão de crédito roubado e é surpreendida com fatura de mais de R$ 500 mil

Demi Moore || Créditos: Getty Images

Nem as celebridades hollywoodianas escapam dos golpes que costumam fazer milhares de vítimas anônimas dia sim e outro também, e isso em todo o mundo. Que o diga Demi Moore, dona de uma fortuna estimada em US$ 150 milhões (R$ 579,6 milhões), que teve seu cartão de crédito roubado em março e foi surpreendida no mês seguinte com uma fatura de US$ 169 mil  (R$ 653 mil) gastos em lojas famosas de Los Angeles pelo autor do crime, o americano David Matthew Read, de 35 anos.

Por telefone, ele solicitou o cancelamento do AmEx da atriz e de alguma maneira conseguiu se apoderar do cartão substituto que a operadora enviou a ela semanas depois pelo correio. Aparentemente se sentindo um expert em jogadas sujas e achando que se livraria da polícia, Read embarcou em uma gastança com roupas de grife em vários pontos de venda da Nordstrom e da Saks Fifth Avenue em LA.

O que ele esqueceu de levar em conta é que todos os lugares por onde passou e sacou o cartão da estrela de “Striptease” para pagar por suas compras têm câmeras de segurança por todos os cantos, e em razão disso a atividade criminosa dele foi devidamente registrada com riqueza de detalhes. Preso em abril, Read confessou o mal feito e agora aguarda julgamento em uma prisão da Califórnia, onde corre o risco de ficar por pelo menos dois anos usando um nada estiloso uniforme de presidiário. (Por Anderson Antunes)