06.02.2012  /  17:30

Gisele dá depoimento depois do Superbowl

Um comentário feito por Gisele Bündchen logo após a derrota do New England Patriots para o New York Giants, no Super Bowl deste domingo, está dando o que falar nos Estados Unidos. Quando deixava o camarote de onde assistiu a partida, no Lucas Oil Stadium, em Indianápolis, Gisele foi o alvo de provocações por parte de alguns torcedores do Giants. Um deles chegou a gritar que "dominava Tom Brady", numa referência ao marido de Gisele, o quarterback do Patriots.

* Visivelmente irritada, a supermodelo respondeu no mesmo tom: "Meu marido não pode jogar a p**** da bola e pegá-la ao mesmo tempo. Não acredito como eles perderam tantas oportunidades". Foi o suficiente para criar uma polêmica. Embora muitos torcedores do Patriots concordem com Gisele, o problema é que a declaração dela coloca os outros jogadores do time em uma situação complicada, principalmente Wes Welker, um dos melhores amigos de Brady.

* Gisele, que assistiu ao jogo ao lado de Robert Kraft, o dono do Patriots, já é vista como persona non grata pelos executivos do time. "Gisele violou o nosso código de irmandade, pelo qual nós ganhamos juntos, mas também perdemos juntos. Todos estão chateados com ela", disse uma fonte de dentro do Patriots ao site "TMZ". Ai ai… 

Gisele Bündchen: defendendo o marido