29.12.2018  /  8:00

De volta de uma temporada em Portugal, Bruno Fagundes entrega seus points favoritos em Lisboa

Bruno Fagundes em suas andanças por Portugal || Créditos: Reprodução Instagram

Bruno Fagundes está de volta ao Brasil após temporada de três meses em Portugal, onde apresentou, junto com o pai Antonio Fagundes, “Baixa Terapia”. A peça volta em janeiro ao teatro Tuca, em São Paulo, mas fica na memória do ator os ótimos momentos que passou no país queridinho dos brasileiros.

A temporada do lado de lá do Atlântico foi de muito trabalho – chegaram a apresentar oito sessões por semana. A produção do espetáculo ficou um mês e meio em Lisboa e um mês e meio viajando pelo país, somando nove cidades, entre elas, Porto, Braga, Leiria, Vila Nova de Famalicão e Coimbra.

Sobre sua rotina no país que muitos brasileiros têm escolhido para viver nos últimos anos, Bruno conta: “No começo, enquanto estávamos em Lisboa, tentei recriar minha rotina brasileira: fui atrás de aulas de circo, de canto, mantive um ritmo de treino, tentei manter a dieta (risos) e meio que consegui porque estava com horários mais fixos. Na reta final da temporada, quando pingávamos de cidade em cidade, ficou mais difícil. Nas horas vagas viajávamos para cidades vizinhas – aqui se cruza o país facilmente de carro. Fomos a mais de 20 cidades e intercalamos com as apresentações.”

De volta ao Brasil, além de retomar a peça em São Paulo, se prepara para a gravação da terceira temporada de ‘3%’, na Netflix, prevista para ir ao ar em 2019. Neste fim de ano, Bruno topou dividir com Glamurama dicas da terrinha. Ele optou por focar em Lisboa, uma de suas cidades preferidas no mundo, e o resultado é um guia gastronômico de dar água na boca. “Lisboa é uma cidade cheia de riquezas, cada canto é maravilhoso. Fiquei lá um mês e meio e passeava todos os dias, sem me repetir – tem mesmo muita coisa pra ver. É uma cidade para se curtir a pé, andar pra todo lado, se perder na beleza das ruas.” Tome nota!

Bairro do Avillez, Cantinho do Avillez e Belcanto – “Os três restaurantes são do mesmo chef, José Avillez. O primeiro é mais versátil, ótima opção para ir durante o dia já que tem uma iluminação natural. O segundo é bem menor e igualmente delicioso (prove o polvo grelhado e o vinho da casa), mas tem uma vibe mais romântica, com velas na mesa. O terceiro, Belcanto, é o mais ‘fancy’ dos três, com duas estrelas Michelin e considerado um dos 50 melhores restaurantes do mundo. O preço é mais salgado, então vale mais a pena para comemorações especiais.”+www.joseavillez.pt

Em sentido horário, os salões do Belcanto, Bairro do Avillez e Cantinho do Avillez || Créditos: Divulgação

Mercado da Ribeira  – “A revista Time Out selecionou os melhores e mais deliciosos restaurantes de cada região de Lisboa e montou um mercado gigante. Detalhe: cada stand é de um chef bombado com preços acessíveis. É só chegar e tentar não ficar louco com a quantidade surreal de opções. Talvez meu lugar preferido da cidade. Tudo vale a pena. Existe a fama de que os pastéis de Belém da fábrica de Belém são os melhores, mas discordo. Para mim o melhor está no mercado na Mantegaria. Não deixe de provar também o croquete de queijo de cabra e presunto parma da Croqueteria, o hambúrguer do Ground Burger, um dos melhores da cidade, o bacalhau desfiado com espinafre e batata doce de Miguel Sousa – de chorar – e o sorvete da Santini. Uma visita imperdível, ou menor, ‘a não perder’, como dizem os ‘portugas’.”+www.timeoutmarket.com/Lisboa

Hambúrguer da Ground Burger, pastel de Belém da Mantegaria e a atmosfera do mercado || Créditos: Reprodução Instagram

Taberna Anti-Dantas – “O ambiente é um charme, uma taberna divertida e hypada. Experimente o pastel de nata da casa, uma versão salgada à base de bacalhau. É bom demais.” +www.facebook.com/Taberna-Anti-Dantas

Tapisco – “Super cozy, descolado e cheio de gente linda. Na minha opinião, o melhor Bacalhau a Brás de Portugal. O menu todo é ótimo, as carnes, os acompanhamentos, os frutos do mar, as sobremesas, os drinks… um dos meus favoritos! +www.tapisco.pt

La Paparrucha – “Lugar ótimo pra ir de dia pela vista, uma das mais lindas da cidade. Tome um gim-tônica ou a nova sensação lisboeta –  um Portônica (vinho do porto branco com água tônica) enquanto aprecia o cenário. Especialidade: carnes.”+www.lapaparrucha.com

Da esquerda à direita: Taberna Anti-Dantas, Tapisco e La Paparrucha || Créditos: Divulgação