03.10.2020  /  9:00

De St. Vincent a H.E.R, conheça sete mulheres guitarristas que abalam as novas e antigas estruturas. Play!

H.E.R, Janelle Monaé e St. Vincent / Crédito: Divulgação

Com certeza você já deve ter escutado a frase: ‘lugar de mulher é onde ela quiser’. E a prova disso é que elas vem dominando o universo dos guitarristas, predominantemente masculino. Não é de hoje que as mulheres mostram a que vieram nos palcos, e cada vez mais se destacam no domínio do instrumento mais rock’n roll da música.

Segundo a icônica marca de guitarras Fender, atualmente jovens do sexo feminino formam metade do mercado consumidor do instrumento no Reino Unido e nos Estados Unidos, e a tendência é que isso se espalhe por todo o mundo. Se você tem vontade de aprender e está insegura, se inspire nessas sete guitarristas… e arrase.

Janelle Monaé

Indicada ao Grammy de Álbum do Ano em 2019 por “Dirty Computer”, a artista adora mesclar solos de guitarra com performances de dança, tudo com uma vibe inspirada em Prince. Nós amamos!

St. Vincent

Nome de destaque de festivais ao redor do mundo, St. Vicent é cantora, guitarrista, compositora e produtora musical. Aos 36 anos, tem uma verdadeira de legião de fãs que adoram seu mix de música eletrônica, rock, performance visual-conceitual e sonoridades provocantes.

H.E.R

Headliner do Rock in Rio 2019, H.E.R chama a atenção principalmente quando empunha sua guitarra. A artista mistura solos do rock clássico e do blues. Não à toa, já faturou dois Grammys.

Lucinha Turnbull

Conhecida por ser a primeira mulher a tocar guitarra no Brasil, Lucinha ganhou destaque com a dupla Cilibrinas do Éden, formada com Rita Lee em 1973, e por sua atuação no grupo Tutti Frutti, também ao lado da ex-vocalista dos Mutantes.

Tash-Sultana

Conhecida como a “banda-de-uma-mulher-só”, a australiana Tash Sultana ilustra muito bem as incríveis experimentações feitas pelas guitarristas das novas gerações. É multi-instrumentista e utiliza a voz junto com variações de pedais, distorções e diferentes equipamentos de som.

Danielle Haim

A banda Haim, composta apenas por mulheres, é um super sucesso, e Danielle é a responsável pelos ótimos solos de guitarra do grupo. Se você ainda não conhece, vale a pena!

Brittany Howard

Vocalista e guitarrista da banda de blues rock Alabama Shakes, que já tocou no Brasil, Brittany traz uma força que é só dela para a liderança do grupo e quebra estereótipos.

Malina Moye

Rainha da mistura de rock, funk americano, blues e soul, a musicista de 34 anos foi escolhida pela Fender como uma das primeiras guitarristas negras e canhotas a fazer parte da “família Fender”. Poderosa!