25.08.2019  /  9:00

De Santiago ao Atacama, Paloma Bernardi entrega ao Glamurama um roteiro de suas férias no Chile

De Santiago ao Atacama, Paloma Bernardi entrega ao Glamurama o roteiro de suas férias pelo Chile || Créditos: Reprodução Instagram

Paloma Bernardi e Eduardo Pelizzari, ator e namorado da atriz, estão curtindo férias no Chile. E o casal tem compartilhado vários cliques divertidos e românticos. Como no passeio em uma vinícola, que encontraram uma alpaca. Paloma tratou de fazer uma foto imitando a pose do bicho: “Qualquer semelhança é mera coincidência”, brincou. Em um clique com Eduardo, a atriz aproveitou para se declarar: “Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra”.

“O mais legal por aqui é que tem vários locais diferentes para conhecer. Nunca tinha vindo ao Chile antes e por isso decidi conhecer um pouco de tudo, desde Santiago até o Atacama”, contou Paloma ao Glamurama. Especialmente para nós, ela preparou um roteirinho com quatro dicas para quem está a fim de conhecer o país. Segue a trilha!

1º parada: Vale Nevado
“Quem vai para o Chile tem que passar pelo Vale Nevado! Fui pela primeira vez e me encantei. É um lugar lindo e tem várias atividades. É mais para quem gosta de se aventurar ou de praticar esportes na neve.”

Vale Nevado || Créditos: Reprodução

2º parada: Museu Pablo Neruda
“Amo passeios mais culturais, como peças, museus e teatros. Fui ao museu do Pablo Neruda, em Santiago, e me apaixonei por tudo. Eu já admirava bastante o poeta e fiquei feliz de conhecer um pouco mais sobre a história dele e o quanto ele influenciou na cultura chilena.”

Museu Pablo Neruda || Créditos: Reprodução

3º parada: Valparaíso
“Para quem gosta de lugares mais boêmios e modernos, recomendo! É um lugar super divertido e colorido. É a terceira cidade mais populosa do Chile, com várias atrações, então você consegue sentir a cultura local.”

Valparaíso || Créditos: Reprodução

4º parada: Atacama
“Olha, o Atacama é outro tipo de passeio, é mais ‘raiz’ e com paisagens fantásticas. Se conhecer um pouquinho de tudo é seu desejo – como foi o meu nessa viagem – então eu aconselho passar por aqui também e sentir essa vibe tão incrível que tem no deserto. Vale muito a pena!”

Atacama || Créditos: Reprodução