De NY à Índia: agência de viagem recria roteiro dos filmes de Wes Anderson

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

Baseada na filmografia de Wes Anderson, a agência de turismo Teresa Perez Tours mergulhou nas obras do cineasta americano para criar roteiros de viagem pra lá de especiais. Da mágica Hungria de “O Grande Hotel Budapeste” à nostálgica Nova York de “Os excêntricos Tenenbaums”, passando pela índia espiritual de “Viagem a Darjeeling”, siga as rotas. 

“O Grande Hotel Budapeste” (2014) – Europa imaginária

Neste novo filme, Wes Anderson conta a história de um escritor que relembra uma visita feita em 1968 ao Grande Hotel Budapeste, localizado nas remotas montanhas da fictícia nação de Zubrowska. O longa reúne muitas histórias e ótimos atores como Bill Murray, Tilda Swinton, Owen Wilson, Jason Schwartzman, Adrien Brody e Willem Dafoe. A trama é uma homenagem ao universo da hotelaria e uma ótima inspiração para viajar à Áustria, Hungria e Alemanha no ano em que a Primeira Guerra Mundial completa 100 anos.

“Os excêntricos Tenenbaums” (2001) – Nova York nostálgica

Uma família com membros singulares que se tornam bem-sucedidos sofre uma reviravolta graças a um antigo amor. O filme é um dos mais famosos e aclamados do diretor, e mostra uma Nova York nostálgica, com um serviço de táxi atípico e um figurino que remete a diversas épocas e tendências. Para quem já conhece a cidade, os Tenenbaums convidam a vê-la sob o olhar genial de artistas que habitavam o Chelsea no final dos anos 60, com trilha sonora que reúne clássicos alternativos de Nick Drake, The Velvet Underground e Nico.

“Três é demais” (1998) – a high school dos Estados Unidos

No filme que o lançou como ator, Jason Schwartzman interpreta um adolescente aluno da tradicional escola Rushmore, em apuros com suas notas e apaixonado por uma bela professora. Para conquistá-la, ele decide construir um aquário gigante em Rushmore e vai buscar fundos na conta bancária de um benemérito da escola, o milionário Mr. Blume (Bill Murray). A história, filmada em cidades como Houston, no Texas. Um convite a descobrir o estado e cidades cosmopolitas como Austin.

“Viagem a Darjeeling” (2007) – rota espiritual pela Índia

Três irmãos que não se falam há um ano decidem realizar uma viagem de trem pela Índia, em busca de autoconhecimento e aproximação familiar. Incidentes ao longo da rota levam o trio para um destino repleto de descobertas. Quem sonha em conhecer a Índia em uma viagem de trem deve assistir ao filme para se inspirar e abrir o leque de possibilidades – na Teresa Perez Tours, as rotas ferroviárias pelo país são feitas em trens cinco estrelas. As paisagens áridas são mostradas em praticamente todo o filme. Uma curiosidade: os personagens viajam com malas de uma série limitada da Louis Vutton, desenhada por Marc Jacobs especialmente para o filme.

“Moonrise Kingdom” (2012) – a infância no interior americano

Uma pequena ilha da Nova Inglaterra nos anos 60 é o cenário para a aventura de um menino e uma menina que vivem a transição da infância para a adolescência. A fuga dos dois pela ilha traz uma visão lúdica da natureza americana. Para quem se interessa por cenários como esse, a Teresa Perez Tours recomenda roteiros variados: são opções de costa a costa e de norte a sul, desertos, cadeias de montanhas, lagos, cânions, florestas e praias.

“A Vida Marinha com Steve Zissou” (2004) – viagem pelo oceano

Neste filme, Bill Murray é Steve Zissou, um lendário explorador subaquático, que enfrenta críticas sobre seu talento para produzir documentários e ainda tem que lidar com o desaparecimento de seu melhor amigo, devorado por um tubarão-jaguar. A expedição marinha também é uma ótima inspiração de viagem, já que as filmagens aconteceram na Costa Amalfitana – tendo o forte azul do Mar Mediterrâneo como protagonista -, trazendo o desejo por um feriado prolongado pelo litoral da Itália explorando a região no melhor estilo Jacques Cousteau. A produção marca um dos primeiros papéis de Seu Jorge no cinema internacional, compondo o elenco com o personagem Pelé e também na trilha sonora com clássicos de David Bowie em versões em português.