11.11.2017  /  8:00

De malas prontas para deixar o Brasil, Yasmin Brunet entrega mais planos para 2018

Yasmin Brunet ||
Reprodução Instagram

Em meio a tantas denúncias contra abuso sexual vindo de celebridades internacionais e o movimento feminista ganhando força e respeito, Glamurama quer saber o que as celebs daqui pensam disso. Encontramos Yasmin Brunet nessa quinta-feira durante o lançamento da linha Fetiche Noir da Loungerie no  Shopping JK IguatemiEla falou sobre a onda de denúncias de assédio sexual que tomou conta de Hollywood, novos projetos – tem viagem à vista! – e até curiosidades sobre suas preferências na hora de escolher uma lingerie. Continue lendo!

Glamurama – Você está acompanhando esse movimento das atrizes contra o abuso sexual em Hollywood? Já aconteceu com você?

Yasmin – Cara, eu acho maravilhoso! Uma coisa que tem que ser falada e não acontece apenas com atrizes ou com modelos. Qualquer mulher, em qualquer lugar pode ser assediada. No caso dessas atrizes, conhecidíssimas, é melhor ainda porque dá força para mulheres anônimas também se manifestarem. É muito importante.

Glamurama – Férias de final de ano, Natal e Ano Novo, quais são seus planos?

Yasmin – Ah, eu nunca sei até um dia antes… Sou dessas. Na véspera falo: ‘nossa!, amanhã é ano novo, o que eu vou fazer?’ (risos)

Glamurama – Viagens para 2018?

Yasmin – Ai, tenho várias viagens. Finalmente vou conseguir realizar meu sonho de viajar para diversos destinos que eu sempre quis conhecer, tipo Tailândia, Índia… Vou morar em Nova York ano que vem… Estou super animada!

Glamurama – Falando em lingerie, qual seu modelo preferido: você é básica ou gosta de ousar?

Yasmin – Eu uso de tudo, depende da ocasião. No dia-a-dia prefiro as mais básicas, aquelas de algodão. Fora isso, adoro renda colorida, gosto de cor. Mas também amo peças pretas. São chiques!